SC assinará acordo com estado alemão para incremento nas relações econômicas e comerciais

Publicidade

O Estado de Santa Catarina e o Estado Livre da Turíngia, na Alemanha, assinarão um acordo de irmanamento durante a abertura do 34º Encontro Econômico Brasil-Alemanha (EEBA), segunda-feira (19), na cidade de Weimar. “Esse acordo com o estado federado alemão dará grande visibilidade para Santa Catarina no coração da Europa”, descreveu o secretário executivo de Assuntos Internacionais, Carlos Adauto Virmond. Virmond lidera a missão catarinense, que é organizada pela secretaria e tem início nesta quarta-feira, quando a comitiva embarca para a Alemanha.

As conversas para o acordo de irmanamento se iniciaram durante o EEBA 2015, em Joinville, quando foi assinado um protocolo de intenção entre os dois estados. “Neste último ano, a Secretaria Executiva de Assuntos Internacionais (SAI) identificou os pontos de interesse em conjunto com o Ministério da Economia, Ciência e Sociedade Digital da Turíngia para que este acordo possa ter resultados práticos e positivos”, disse Virmond.

Continua após a publicidade

O texto do irmanamento prevê incremento nas relações econômicas e comerciais entre os dois estados, promoção da cultura e dos idiomas, ampliação do intercâmbio acadêmico, realização de cooperações técnicas por universidades catarinenses e turíngias e trocas de experiências entre as administrações públicas.

“No primeiro momento, queremos aumentar o intercâmbio de estudantes e pesquisadores, com foco nas áreas de tecnologia e energias renováveis”, explica Virmond. No médio e longo prazo, a expectativa do secretário é que Santa Catarina se torne a porta de entrada para investidores da Turíngia no Brasil, em especial, para empresas do setor ótico e laser, que são destaque no estado alemão. “Essas empresas poderão nos ajudar a virarmos referência no Brasil nas áreas em que são líderes mundiais”, conclui.

Acordos de cooperação

Ainda no primeiro dia do EEBA 2016, a agência catarinense de atração de investimentos Investe SC e a agência de desenvolvimento turíngia LEG Thüringen assinarão um acordo de cooperação para troca de informações e conhecimento. Esta cooperação foi articulada pelo secretário Virmond durante uma missão à Turíngia em junho.

Além do secretário Virmond e a da equipe da SAI, a comitiva catarinense terá a participação de reitores do Sistema Acafe e promotores de Justiça do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC).

Pelo Sistema Acafe, participarão os reitores Mário Cesar dos Santos, da Univali; Sebastião Salésio Herdt, da Unisul; Cláudio Alcides Jacoski, da Unochapecó; Elcio Willemann, da Unibave; e Günther Lother Pertschy, da Unifebe; o secretário executivo da Acafe, Paulo Ivo, e a coordenadora de Assuntos Internacionais da Univali, Maria Elizabeth da Costa Gama.

Com interveniência da Secretaria de Assuntos Internacionais, o Sistema Acafe assinará acordos de cooperações com a Universidade de Erfurt, a Universidade de Jena e a Universidade de Nordhausen, na quarta-feira, 19, em Erfurt, durante o seminário Santa Catarina e Turíngia: Oportunidades de Cooperação para Educação e Pesquisa. O evento será promovido pela SAI e pelo Ministério da Economia, Ciência e Sociedade Digital da Turíngia. A Universidade Federal de Santa Catarina também tem interesse nos acordos. A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) e a Universidade de Música Franz Liszt, de Weimar, já realizam cooperação na área de música.

Audiências

Já pelo MPSC, estarão na comitiva o procurador-geral de Justiça Sandro José Neis e o promotor de Justiça Fábio de Souza Trajano. Os promotores participaram da audiência no Ministério da Migração, Justiça e Proteção do Consumidor da Turíngia na sexta-feira, 14, em Erfurt. Na segunda-feira, 17, apresentarão a atuação do MPSC durante a audiência no Ministério Público da Turíngia em Jena.

Segundo o secretário Virmond, a presença dos representantes do MPSC fortalece a missão. “Como há uma grande preocupação dos investidores alemães sobre as questões de segurança jurídica no Brasil, a presença dos representantes do Ministério Público catarinense contribuirá para a tarefa da SAI em promover Santa Catarina como destino de investimento no Brasil”, avalia o secretário.

Também pelo Governo do Estado, participará da comitiva o diretor de Desenvolvimento Econômico da Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável, João de Nadal. A conclusão da missão será no estado de Baden-Wutternberg, onde o secretário Carlos Adauto Virmond será recebido pela ministra de Finanças e Economia, Nicole Hoffmeister-Kraut, na sexta-feira, 21. No mesmo dia, a comitiva catarinense visitará o Tribunal Constitucional Alemão – um congênere do Supremo Tribunal de Justiça brasileiro –, em Karlsruhe.

Rafael Paulo
Assessoria de Comunicação

Publicidade