SC fechou mais de 30 mil postos de trabalho em 2016, aponta Caged

Publicidade

Santa Catarina teve 32.260 vagas formais de emprego fechadas em 2016, conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), anunciados pelo Ministério do Trabalho na última sexta-feira (20). Apesar do número negativo, o desempenho foi melhor do que em 2015, quando 58.639 postos de trabalho foram extintos.

Somente a indústria de transformação perdeu 14.185 vagas no balanço entre demissões e contratações no ano. Apenas em dezembro foram 15.812 vagas fechadas no setor.

Continua após a publicidade

Também em 2016, o setor de serviços perdeu 7.784 vagas, e o de construção civil, 8.368 postos.

O Caged também apontou que, em dezembro de 2016, o estado registrou 78.813 desligamentos e 52.484 admissões, o que indica uma diminuição de 26.329 vagas.

Segundo o Ministério do Trabalho, os estados que possuem maior estoque de empregos formais foram os que mais registraram demissões em dezembro no ano passado: São Paulo (159.280), Minas Gerais (51.823), Rio de Janeiro (39.846), Paraná (30.457) e Santa Catarina (26.329).

Em todo ano de 2016, o estado que registrou mais demissões líquidas (acima das contratações) também foi São Paulo, com 395.288 trabalhadores demitidos, seguido por Rio de Janeiro (-237.361 demissões), Minas Gerais (-117.943 empregos formais fechados) e Bahia (-67.291 vagas fechadas).

Publicidade