Biguaçu realiza campanha de combate às hepatites virais

Publicidade
Testes são rápidos e gratuitos (Foto Paulo Rodrigo Ferreira – DICOM)

Da Assessoria – Em 28 de julho é celebrado o Dia Mundial de Combate às Hepatites Virais, por isso, é necessário lembrar a importância da prevenção e diagnóstico precoce, especialmente a vacinação e realização de testes rápidos.

Durante todo o mês de julho, o Serviço de Atendimento Especializado de Biguaçu (Saeb) estará realizando testes rápidos de segunda a sexta-feira, no período da manhã das 8h às 11h e no período da tarde (das 13h às 16h). Além das hepatites B e C, também são realizados testes rápidos de sífilis e HIV.

Continua após a publicidade

Os exames não necessitam de agendamento prévio nem jejum. São gratuitos, seguros e sigilosos. Além disso, é realizado aconselhamento com psicólogo, com objetivo de fornecer informações sobre formas de contágio, prevenção e tratamento, além de esclarecer possíveis dúvidas.

O Saeb está localizado na Rua Emídio Amorim Veríssimo, nº 144, anexo à Policlínica Municipal de Saúde e da Secretaria Municipal de Saúde, no bairro Praia João Rosa. Para realização dos testes, é necessário apresentar apenas documento recente com foto e cartão nacional do SUS. Gestantes devem procurar a Unidade Básica de Saúde do seu bairro e agendar seus exames pré-natal com a enfermeira da sua área.

Doença silenciosa

A hepatite é uma doença grave e silenciosa, caracterizada por uma inflamação do fígado, que nem sempre apresenta sintomas. Quando esses estão presentes, os mais comuns são: cansaço, dor abdominal, febre, tontura, enjoo e/ou vômitos, pele e olhos amarelados, fezes claras e urina escura. É uma importante causa de cirrose e câncer de fígado.

As hepatites causadas pelos vírus B e C são transmitidas através do sangue e relações sexuais sem preservativo. É possível pegar a doença pelo compartilhamento de seringas ou agulhas, lâminas de barbear, materiais de manicure e perfurocortantes, além da transmissão de mãe para filho na gestação. As hepatites B e C têm tratamento gratuito pelo SUS, sendo que o diagnóstico precoce amplia a eficácia do tratamento.

Tire sua dúvida, faça o teste!

Publicidade