Secretário Comin recebe coordenadora do Ministério do Desenvolvimento Social

Publicidade

Com o objetivo de divulgar a importância do comprometimento com a política de Assistência Social dos novos gestores em Santa Catarina, a coordenadora Proteção Social Básica do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), Iracema de Paula De Lima Freitas, esteve em audiência com o secretário de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação, Valmir Comin, na sede da secretaria, em Florianópolis, nesta terça-feira, 14.

Continua após a publicidade

Foto: Kênia Pacheco/SST

Entre os assuntos abordados no encontro, destaque para a unificação da pasta de assistência social com outras pastas como educação e saúde em pequenas cidades catarinenses. Segundo o secretário, o objetivo da secretaria é regularizar todos os trabalhos efetuados por meio das políticas públicas de assistência social. “A secretaria tem a função de garantir e viabilizar o cumprimento das políticas públicas de assistência social, para atender o cidadão com qualidade. Estamos prontos para fazer o trabalho mais acertado possível e não vamos medir esforços”, disse Comin.

De acordo com o diretor de Assistência Social, Ismael De Córdova, Iracema trouxe informações sobre a importância de se evitar o assistencialismo, ao mesmo tempo em que é fundamental garantir o acesso aos direito socioassistenciais aos cidadãos catarinenses.

Serviço de acolhimento São Gabriel

Também nesta terça, o secretário Comin fez uma reunião na sede do serviço de acolhimento São Gabriel, em São José. Acompanhado pelo diretor de Assistência Social, Ismael Córdova, e a chefe de gabinete Kelly Dalla Lana, eles foram recebidos pela gerente Emanuella de Oliveira Borges, que apresentou o espaço e a forma de trabalho implantada pela equipe.

O São Gabriel, criado em 1987 acolhe jovens e adultos com idade entre 22 e 50 anos, que apresentam deficiência intelectual moderada ou severa ou autismo. A finalidade do espaço é favorecer cada um dos acolhidos com atividades de reabilitação, alfabetização, natação, pintura entre outras ações com o objetivo de construir a autonomia de cada um para a inclusão comunitária e a vida diária.

O secretário explica que a visita serviu para conhecer a realidade e traçar os planos de trabalho dentro das necessidades existentes neste braço da DIAS. “Eles precisam de melhorias e vamos buscar possibilidades de efetivar isso. Mas a atenção com os acolhidos e o zelo com a estrutura atual nos chamou a atenção. Um excelente trabalho é feito no local”, destacou.

A equipe é composta por nutricionista, psicólogo, pedagogo e enfermeiro, apoio administrativo, monitores e/ou técnicos de enfermagem, além de motoristas, profissionais de cozinha e profissionais de serviços gerais. A instituição conta com refeitório, cozinha, lavanderia, depósito, sala para a gerência, sala de enfermagem e pátio externo.

da Assessoria de Comunicação

 

Publicidade