Seis novos secretários integram o governo Colombo a partir de hoje

Publicidade

FELIPE ALVES, ND –

Seis novos secretários assumem os cargos no governo do Estado de Santa Catarina a partir desta segunda-feira: administração, articulação nacional, infraestrutura, saúde, SOL (Turismo, Cultura e Esporte) e assistência social, trabalho e habitação. A reforma administrativa, que foi encabeçada pelo governador Raimundo Colombo (PSD), traz principalmente deputados estaduais e foi costurada desde dezembro.

Continua após a publicidade

O deputado Luiz Fernando Cardoso, o Vampiro (PMDB), assumirá a secretaria de infraestrutura, no lugar de José Carlos Ecker. Um evento de posse deve acontecer na próxima quinta-feira, no Teatro Pedro Ivo. De acordo com Luiz Cardoso, a prioridade, entre janeiro e fevereiro, será ficar a par da situação de todas as obras que estão em andamento no Estado. Neste período, ele pretende visitar várias regiões do Estado, começando pela Capital, com a ponte Hercílio Luz, e passando pelo Norte, Oeste, Alto Vale do Itajaí, Serra e Sul do Estado. “Vou me inteirar para saber a real situação das obras e dos contratos para não ser surpreendido ao longo do ano. A secretaria tem um volume expressivo de obras e precisamos dar ritmo a elas”, afirma.

O secretário também deverá se reunir com associações e representantes de órgãos como o Deinfra e o Deter, a pedido do governador. “A ideia é circular para detectar os problemas in loco, e não ficar em gabinete”, diz ele. O deputado Leonel Pavan (PSDB) vai liderar a SOL, no lugar de Filipe Mello (PR), que virou secretário da casa civil do prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro. A Secretaria também ganhará dois novos nomes: o ex-secretário de educação de Florianópolis, Rodolfo Pinto da Luz (PSD), que assume a Fundação Catarinense de Cultura, e Erivaldo Nunes Caetano Junior, o Vadinho (PSDB), que assume a Fesporte (Fundação Catarinense de Esporte). Na Santur (Santa Catarina Turismo), Valdir Walendowsky (PSDB) continuará no cargo.

Segundo Pavan, a proposta é aprofundar as parcerias com a iniciativa privada para criar novos caminhos para o setor turístico do Estado e ele já planeja as ações para o turismo de inverno. Pavan deve se reunir com os secretários municipais de turismo em fevereiro para discutir a realização de ações integradas. Um diferencial catarinense que também pretende ser explorado pela secretaria é a diversidade do Estado. “Santa Catarina é um Estado para se curtir nas quatro estações”, afirma. Ele ainda prometeu agir para fazer andar a concessão do aeroporto Hercílio Luz e dar apoio aos Jogos Abertos.

Valmir Comin (PP), que assumirá a secretaria de assistência social, trabalho e habitação, deverá realizar evento de posse na quarta-feira, às 11h, no Teatro Pedro Ivo.

Publicidade