Serra do Rio do Rastro tem nove pontos com perigo de deslizamento de pedras

Publicidade

A rodovia que corta a Serra do Rio do Rastro, em Lauro Müller, no Sul catarinense, registrou na tarde deste domingo (19) um novo deslizamento de pedras, conforme a Polícia Militar Rodoviária (PMRv). Não houve feridos.

De acordo com o coordenador regional da Defesa Civil de Criciúma, Rosinei da Silveira, somente em 2017 foram três deslizamentos graves e “incontáveis ocorrências de pequeno porte ou baixo risco”. O órgão mapeou nove pontos considerados mais críticos com relação aos riscos de deslocamento de rochas e de detritos, entre eles, o ponto deste domingo.

Continua após a publicidade

Segundo a PMRv, o deslizamento deste domingo foi registrado às 14h no km 407,3 e houve queda de detritos e rochas na rodovia. Os policiais limparam a rodovia, retirando os materiais do local, e o trânsito seguiu sem interferências.

Ainda de acordo com o coordenador regional da Defesa Civil, é importante ficar alerta à previsão de chuva para evitar transitar no local. “Sempre ficar atentos às previsões climáticas. Outra dica é solicitar consciência a transportadoras e motoristas para evitar o tráfego de caminhões pesados no local, pois eles têm provocado tremulação durante a passagem”, explicou Silveira.

Ponto já havia sido mapeado pela Defesa Civil como de risco (Foto: PMRv)
Publicidade