Suárez faz três e comanda virada do Barcelona sobre Eibar

Publicidade

Gazeta Esportiva

Recebendo o Eibar pela nona rodada do Campeonato Espanhol, o Barcelona chegou a tomar susto no Camp Nou, mas conseguiu a reabilitação para vencer de virada por 3 a 1. Com três gols, Suárez compensou a ausência de Lionel Messi sendo extremamente efetivo.

Continua após a publicidade

Tendo feito o dever de casa, no sábado o Barcelona pega o Getafe tentando voltar a pontuar longe do Camp Nou — nos últimos dois jogos, foram duas derrotas. Com 21 pontos, o time catalão divide a liderança do Espanhol com rival Real Madrid, estando atrás no saldo de gols.

O surpreendente início de temporada do Eibar foi freado gradativamente nas últimas rodadas. Mas a equipe segue sonhando com vaga em competições europeias por ter 13 pontos. O compromisso seguinte é frente ao Rayo Vallecano, em casa.

O jogo — O Eibar começava a deixar clara sua intenção defensiva, aos dez minutos, quando Bartra deu mole no meio-campo e permitiu aos visitantes armar um ataque rápido fatal. Verdi foi lançado às costas da zaga e parou em Bravo, mas o rebote sobrou limpo para Bastón inaugurar o placar.

Mas a resposta não demorou a sair. Dominando o jogo, o Barcelona empatou em lindo lance que começou com enfiada de bola precisa de Busquets, o responsável pela armação. Sandro recebeu no ar e cruzou de primeira para Suárez testar às redes.

Tendo mais de 70% de posse de bola, o Barça parecia construir a virada aos poucos. Mas um vacilo defensivo quase culminou em gol de Koke, que driblou bravo e só não marcou porque Bartra salvou. Daí até o intervalo, o time da casa se restabeleceu como senhor do jogo, mas com escassas chances reais de marcar.

Com mais três redes sacudidas, Suárez chega a sete no Espanhol e fica só um abaixo do artilheiro Neymar (Foto: Lluis Gene/AFP)
Com mais três gols, Suárez chega a sete no Espanhol e fica só um abaixo do artilheiro Neymar (Foto: Lluis Gene/AFP)

A segunda etapa trouxe consigo um Neymar mais inspirado e ativo do que antes. Logo aos três minutos ele mostrou serviço, roubando bola nos arredores da área adversária e servindo Luis Suárez, que não perdoou.

Conseguindo a virada, o Barcelona se tranquilizou e teve até chapéu de Neymar. O Eibar foi mudando de postura aos poucos e começou a fazer faltas duras, algumas despropositadas. Sendo o time visitante inofensivo, a diferença técnica ficou cada vez mais clara na reta final.

A expulsão de Mascherano, que xingou o bandeirinha, sugeria possível sofrimento do Barcelona nos minutos finais. Mas Suárez resolveu logo em seguida, recebendo de Neymar na área e fuzilando mais uma vez. Dos seis chutes que deu, o uruguaio fez três gols.

Publicidade