Subestação de energia em Biguaçu recebe investimento de R$ 3.1 milhões

Publicidade
Subestação Biguaçu (Foto: Divulgação)
Subestação Biguaçu (Foto: Divulgação)

A Eletrosul está investindo R$ 3,1 milhões na subestação de Biguaçu para melhorar a confiabilidade do sistema de transmissão de energia elétrica.  A capacidade instalada, que é de 972 MVA, não será ampliada.

A assessoria de comunicação da empresa informou, ao Biguá News, que as obras civis e montagens eletromecânicas devem ficar prontas até abril de 2017.

Continua após a publicidade

As empresas que vão fazer as melhorias e instalar novos equipamentos foram divulgadas no Diário Oficial de União desta quinta-feira (10). A  Siemens Ltda., Arteche EDC Equipamentos e Sistemas S/A. e ABB Ltda. serão as responsáveis pelo fornecimento de equipamentos de pátio nas tensões de 550 kV e 420 kV.

A subestação Biguaçu, que também está integrada ao Sistema Interligado Nacional (SIN), disponibiliza mais energia para a região Leste catarinense, reduzindo a sobrecarga de energia nas linhas de transmissão. O empreendimento foi inaugurado em 2009. Os recursos – na época de R$ 157,6 milhões – foram viabilizados por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Publicidade