Suderf aprimora proposta de transporte metropolitano da Grande Florianópolis

Publicidade

As equipes da Superintendência da Região Metropolitana da Grande Florianópolis (Suderf) e do Observatório de Mobilidade Urbana da UFSC têm uma agenda de apresentação do plano preliminar de operação do transporte público metropolitano nos municípios da região.

Cerca de 151 mil pessoas utilizam o transporte coletivo por dia em oito cidades: São José, Palhoça, Biguaçu, Governador Celso Ramos, Antônio Carlos, Santo Amaro da Imperatriz, Águas Mornas e São Pedro de Alcântara.

Continua após a publicidade

Na última quarta-feira, 24, os prefeitos de Águas Mornas Omero Prim e de Santo Amaro da Imperatriz Edesio Justen mostraram-se favoráveis à iniciativa da Suderf de fazer um único edital de licitação dos ônibus para criar o sistema metropolitano.

“A vantagem do sistema integrado de ônibus é oferecer um melhor serviço, com mais conforto aos passageiros, aumento da frequência de ônibus e ganho de tempo nos percursos”, comentou o superintendente da região metropolitana da Grande Florianópolis Cassio Taniguchi.

Segundo levantamento do Observatório, existem muitas superposições de linhas municipais com intermunicipais, além de superposição de linhas de empresas com outras empresas.

“O esforço de falar com todas as prefeituras da Grande Florianópolis visa adequar o plano do sistema metropolitano às necessidades de cada um dos municípios”, concluiu o diretor técnico da Suderf Célio Sztoltz.

Publicidade