TJSC aprova alteração de juízes na Comarca de Biguaçu

Fórum de Biguaçu (Foto: Arquivo BN)

O Órgão Especial do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) deferiu, na manhã desta quarta-feira, em sessão administrativa, o pedido de opção formulado pelo juiz Yannick Caubet, titular da Vara Criminal da Comarca de Biguaçu, para o cargo de juiz da 2ª Vara Cível da mesma comarca, que vagou no final de 2017 em decorrência da promoção da juíza Taynara Goessel.

Goessel fora promovida em sessão ocorrida no dia 15 de dezembro do ano passado, para assumir o cargo de 5º juiz especial da Comarca da Capital. Desde então, ela deixou de julgar os processos na 2ª Vara Civil de Biguaçu, que passou para a responsabilidade da juíza substituta Luciana Santos da Silva.

Conteúdo impulsionado

Com a ida de Yannick Caubet para a pasta onde tramitam os processos cíveis – que ocorrerá após a publicação do deferimento do pedido de opção -, a Vara Criminal deverá ser ocupada por um magistrado substituto, a ser nomeado mensalmente pelo TJSC, até que um titular em definitivo seja escolhido.

O Fórum da Comarca de Biguaçu também é composto pela 1ª Vara Civil, sob a responsabilidade do juiz José Clesio Machado, que exerce simultaneamente o cargo de diretor do Foro; por uma Unidade Judiciária de Cooperação, a cargo da juíza Luciana Santos da Silva; pela Vara de Execuções Fiscais do Município e também pela Vara de Execuções Fiscais do Estado.

A Comarca compreende o município sede, junto com Antônio Carlos e Governador Celso Ramos.

Conteúdo impulsionado