Vereador Douglas Borba pede mais segurança nos eventos esportivos de Biguaçu

Publicidade

Mariana F. Bento – O caso de violência entre participantes dos Jogos Escolares de Biguaçu (JEBIG), provocou grande indignação e preocupação aos pais e professores do município, no último dia 26 de abril. O incidente que deixou um dos jovens envolvidos gravemente ferido culminou com a paralisação dos jogos, até a chegada da polícia no dia posterior a ocorrência.

A situação foi levada a conhecimento do vereador Douglas Borba, por meio de um dos educadores presentes na ocasião. O mesmo relatou que não havia nenhum tipo de segurança ou policiamento no Campo do Vendaval, bairro Vendaval, no momento das agressões.

Continua após a publicidade

Visando coibir este tipo de ação e evitar maiores transtornos, o vereador deu entrada no Projeto de Lei nº 23/2018, que estabelece a obrigatoriedade de fornecimento de serviços relacionados a saúde e segurança pública nos eventos esportivos promovidos pela Prefeitura Municipal de Biguaçu.

Para Douglas: ‘a presença de polícias nos locais de realização dos eventos esportivos irá proporcionar um ambiente mais seguro, harmônico e respeitoso entre atletas, dirigentes desportivos e público presente’.

A necessidade de assistência de profissionais da saúde também foi trazida a pauta, considerando que estes fornecem os primeiros socorros em casos de acidentes ocorridos por conta do próprio esporte ou em situações extremas, como brigas e problemas advindos da estrutura do local.

O projeto agora tramita nas comissões internas da Câmara Municipal, para então ser levada a votação do plenário.

Publicidade