Vilson aponta durante audiência da ANTT os impactos do contorno viário em Biguaçu

Publicidade

O vice-prefeito de Biguaçu, Vilson Norberto Alves (PP), participou na manhã dessa segunda-feira (25) de audiência promovida pelo Fórum Parlamentar Catarinense com o objetivo de discutir junto à Agência Nacional de Transportes (ANTT) e Arteris Autopista Litoral Sul os prazos para conclusão do Contorno Rodoviário da BR-101.

A obra tinha previsão para ser entregue em 2012, mas por uma série de alterações no projeto e atrasos nos licenciamentos ambientais até hoje não foi concluída. Na audiência, a concessionária Autopista Litoral Sul apresentou cronograma que estabelece novo prazo para finalizar os trabalhos: dezembro de 2021.

Continua após a publicidade

O Contorno da BR-101 terá 50 quilômetros de extensão e destes, 34 estão em execução, o que corresponde a aproximadamente 70% da obra. O Contorno tem início na altura do Km 175, na localidade Estiva do Inferninho, em Biguaçu, e interliga-se no Km 220 em Palhoça. A previsão é que haja a redução de 20% do tráfego na região.

Segundo a Autopista, até junho de 2018 foram investidos R$ 915 milhões no projeto que conta com 52 funcionários dedicados plenamente ao projeto e aproximadamente 1000 indiretamente. A concessionária estava representada seu pelo diretor-presidente, o espanhol David Díaz Alvarén, e pelo diretor superintendente em Santa Catarina da concessionária, André Bianchi.

Vilson comenta impactos das obras do Contorno em Biguaçu (Foto: Paulo Rodrigo Ferreira – DICOM)

Na audiência, Vilson falou do impacto das obras no município de Biguaçu. “Primeiro tivemos o problema das estradas que foram danificadas e agora temos o problema de transporte de vigas para construção de ponte e viadutos que não tem horário para acontecer e está travando o trânsito na SC-407 e na Rodovia do Café. Enfrentamos ainda o atraso de obras importantes como a pavimentação da Estrada da Rússia e Sorocaba que não podemos fazer enquanto o Contorno não estiver pronto”, comentou.

O maior trecho do Contorno está inserido em Biguaçu e corta importantes estradas e rodovias. Na audiência, o vice-prefeito entregou ao diretor geral da ANNT, Mario Rodrigues Junior, e ao superintendente de Exploração de Infraestrutura Rodoviária, Fábio Luiz Lima de Freitas, a solicitação de construção de dois acessos à faixa do Contorno, um no Km 184+200 na localidade de Sorocaba e outro no Km 188+600 na Fazenda.

Participaram da reunião os prefeitos de Palhoça, Camilo Martins e de São José, Adeliana Dal Pont; a vereadora Salete Orlandina Cardoso e vereadores da região; os deputados federais Carmen Zanotto, Esperidião Amim e Jorginho Mello; o deputado estadual João Amim e representantes da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) e do Conselho Metropolitano para o Desenvolvimento da Grande Florianópolis (Comdes).

Publicidade