Adolescentes recebem diploma de Guardiões Ambientais

Publicidade

Da Assessoria – Após sete meses de curso, aulas teóricas e muita prática, 24 adolescentes receberam os certificados de Guardião Ambiental. O projeto é realizado pela Fundação Municipal do Meio Ambiente de Biguaçu (Famabi), com apoio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e da iniciativa privada.

O projeto Guardião Ambiental tem o objetivo de formar e estimular adolescentes para que sejam multiplicadores de conhecimentos voltados à preservação, conservação e proteção do meio ambiente na área urbana e rural. Desde a criação, em 2015, cerca de 120 adolescentes já participaram da formação.

Continua após a publicidade

A turma de 2018 foi composta por alunos regularmente matriculados nas séries iniciais do Ensino Fundamental II, com idade entre 12 e 14 anos das Escolas Municipais Donato Alípio de Campos, Fernando Brüggemann Viegas de Amorim e Olga de Andrade Borgonovo e das Escolas Estaduais José Brasilício e Alexandre Sérgio Godinho, além do Colégio Incentivo, entidade particular.

Durante os sete meses foram realizados 30 encontros. Os alunos participaram de aulas, palestras, oficinas e viagens de estudo com abordagens teóricas e práticas sobre assuntos relacionados ao meio ambiente, como ecologia, ecossistemas marinhos, resíduos sólidos, fauna e flora, considerando os aspectos regionais e culturais.

A formatura foi realizada na Associação dos Servidores do Município de Biguaçu (Asmub) e contou com a presença do prefeito Ramon Wollinger, da superintendente da Famabi, Danubia Leal, da secretária de Educação, Kátia Roussenq Bichels e do vereador Elson João da Silva. Pais e familiares dos Guardiões também acompanharam a solenidade.

A superintendente Danubia destaca o sucesso do projeto. “O Guardião Ambiental deu muito certo, 120 crianças já puderam conhecer melhor nosso meio ambiente. Espero que todos tenham aproveitado e no dia a dia vivam e coloquem em prática tudo que aprenderam”, finaliza.

“Quero agradecer e parabenizar o trabalho realizado pela Famabi em parceria com a Secretaria de Educação e empresas do nosso município. Formar cidadãos que se preocupem e cuidem do meio ambiente é o principal objetivo deste projeto e isso traz outros inúmeros benefícios para a sociedade, pois o futuro está aqui. Ser um Guardião é ir além de aprender, é ensinar a ter consciência e preservar”, comentou o prefeito Ramon.

Apoiaram o projeto Guardião Ambiental 2018 as empresas Grupo Ábaco e Deltaville, Pedrita Planejamento e Construções, Inplac, Otrebor Engenharia, Distlé, Plotcollor, Construtora Novo Teto, LJL Móveis, Panificadora Biguaçu, Panificadora Doce & Pão, Panificadora Marilu, Restaurante Aqueduto, Moinho Construtora, HMS Gestão de Resíduos Sólidos, RGJ Empreendimentos Imobiliários, Agrocom Comércio de Materiais de Construção e Agropecuária, Recicle Aqui e projeto Adote Um Focinho.

 

Formandos:

Ana Júlia Schimitt Gonçalves

Camila Buscarino

Davi da Rosa Cogo

Eloisa Mafra de Freitas da Silva

Gabriela Linhares Siqueira

Isabely Schimitt

Izabelly Kruche Rosa

João Vitor José Hulse

José Carlos Bittencourt

Juliana Souza da Costa

Kauê de Souza

Larissa Emanuelle do Vale

Leonardo José de Andrade

Lincon Jonas da Silva

Marcela Pereira

Maria Antonia do Nascimento

Maria Clara Longo

Maria Vitória de Liz de Souza

Max Dietmar Hummel Earhardt

Mayana Venâncio de Souza

Sara Goes

Vitor Filipe Felstrovik

Vitor Vargas Castilho

Yasmim Eli da Silva

Publicidade