Alesc aprova MP dos hospitais filantrópicos, Hemosc e Cepon

Publicidade

A Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) aprovou a criação do Fundo Estadual de Apoio aos Hospitais Filantrópicos, ao Centro de Hematologia e Hemoterapia de Santa Catarina (Hemosc), ao centro de Pesquisas Oncológicas Dr. Alfredo Daura Jorge (Cepon) e aos hospitais municipais. A votação ocorreu nesta quarta-feira (16).

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, a alteração adequará a destinação dos recursos financeiros desse fundo às reais necessidades das unidades hospitalares. “Da forma como a lei foi aprovada gerava dúvida sobre a possibilidade de aplicação de recursos no pagamento da produção hospitalar”, informou a secretaria.

Continua após a publicidade

Também foram aprovados os projetos de leis nºs 558/2015, de Valdir Cobalchini (PMDB), que denomina Angelo Fantin o trecho da SC-157, entre os municípios de Quilombo e São Lourenço do Oeste; e o PL 128/2013, de Ismael dos Santos (PSD), que assegura aos usuários dos estabelecimentos de saúde informação sobre os profissionais escalados para prestação de serviços.

Mais policiais civis

Maurício Eskudlark (PR) anunciou na tribuna a formatura de 66 novos delegados e mais de 400 agentes da polícia civil. A formatura acontecerá na tarde dessa quinta-feira, na Capital. “Uma vitória da segurança pública, um efetivo com formação muito específica, Santa Catarina precisa desses agentes”, assegurou Eskudlark.

O deputado, que já chefiou a Polícia Civil, lembrou dos tempos em que todos nas cidades conheciam o delegado. “As pessoas tinham liberdade de conversar, de  fazer uma consulta, quantos conflitos resolvíamos na própria delegacia”, descreveu o ex-delegado, que ponderou que muitas vezes o policial enfrenta um cidadão de bem que está alterado. “É preciso usar a inteligência para evitar um mal maior”.

Alesc

Publicidade