Assaltante que roubou táxi em Biguaçú é morto pela polícia em Palhoça

Publicidade

Um jovem identificado como Gustavo Ariel Ramalho Cândido, de 18 anos, foi morto em troca de tiros com a Polícia Militar, nesta segunda-feira de madrugada, em Palhoça, depois de ele e mais três comparsas roubarem um táxi em Biguaçu. Conforme informações da PM, o assaltante foi baleado na cabeça e socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas morreu a caminho do hospital.

Segundo informações policiais, o quarteto é investigado há vários dias por suspeita de realizar diversos assaltos à mão armada na região da Grande Florianópolis. Nesta madrugada, eles roubaram um taxista em Biguaçu, levando cerca de R$ 700, o telefone celular e o carro da vítima. Toda a polícia da região foi avisada e fez barreiras.

Continua após a publicidade

Quando os criminosos viram que havia viaturas da PM e do Pelotão de Patrulhamento Tático fazendo uma blitz na BR-101, em Palhoça, eles resolveram não parar o táxi. Após o furo do bloqueio, teve início uma perseguição e os assaltantes teriam atirado contra os policiais, que revidaram. O táxi bateu em um poste e os quatro ladrões saíram do carro. Neste momento,  Gustavo foi atingido e caiu. Os três comparsas conseguiram fugir correndo por ruas escuras. Dentro do táxi foi encontrado um revólver calibre 38 com cinco munições.

O corpo do assaltante foi levado para exames de necropsia no Instituto Geral de Perícias (IGP). De acordo com a PM, Gustavo tinha várias passagens pela polícia por diversos crimes. Os outros suspeitos ainda são procurados e dois deles seriam menores de idade.

Publicidade