Aulas gratuitas de Zumba mobilizam mulheres de Biguaçu

Publicidade

Assessoria

A Secretaria Municipal de Saúde de Biguaçu, em parceria com o Instituto de Saúde e Educação Vida (Isev), promove gratuitamente aulas de Zumba em diversos bairros do município. As aulas são uma iniciativa do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf) para promoção da saúde, inserindo a prática de atividades físicas no dia a dia da população e promovendo a inclusão social.

Continua após a publicidade

Só no bairro Saveiro, mais de 70 mulheres de diversas faixas etárias se reúnem no salão da Igreja Nossa Senhora dos Navegantes todas as segundas e sextas-feiras pela manhã. Ao longo da semana as aulas são ministradas em outros bairros, como Bom Viver, Santa Catarina e Vendaval.

A professora Gisely Orsi, educadora física responsável pelas aulas de Zumba, explica que “a atividade exerce efeitos no convívio social dos participantes, promovendo mudanças corporais, melhorando a autoestima, autoconfiança e socialização”. O secretário municipal de Saúde, Ângelo Ramos Vieira, completa ressaltando que “a prática da Zumba reduz dores, potencializa o aprendizado, a memória e a atenção, além de retardar o processo de envelhecimento”.

“Essa é minha primeira aula de Zumba e eu adorei. Como preciso emagrecer, pois farei uma cirurgia em breve, minha médica sugeriu que eu participasse do grupo”, declara a aluna Rose Brisola de Campos.

Andréia Amorim conheceu o grupo de Zumba no ano passado. Através de uma publicação em rede social ela ficou sabendo do evento “Zumba do Bem”, realizado no bairro Vendaval e decidiu participar. Desde então, frequenta quase todas as aulas da professora Gisely. “Só não vamos à Santa Catarina porque é muito distante”, brinca. “A professora é bem empenhada. Todos que vem às aulas, estão muito satisfeitos e esse trabalho tem que permanecer em Biguaçu”, completa Andréia.

Kamyla Amorim começou a participar das aulas de Zumba na semana passada e diz estar adorando. “A aula é muito boa e a professora também. Ela nos incentiva bastante, o que nos dá ânimo para participar”.
“Estamos muito felizes com a formação dos grupos para aula de Zumba, pois essa atividade traz diversos benefícios para o corpo e a mente. Nosso compromisso com a qualidade de vida em Biguaçu passa também pela busca de alternativas criativas de incentivo à prática de atividades físicas em geral”, ressalta o prefeito Ramon Wollinger.

As aulas são abertas à população, necessitando apenas que os interessados usem tênis e roupa confortável

Publicidade