Avaí e Figueirense unidos pela paz no clássico

Publicidade

Assessoria

O futebol tem levado um número cada vez maior de torcedores aos estádios. São homens, mulheres, crianças, famílias inteiras indo torcer por seus times de coração. A presença do público nos estádios é vital para os clubes, já que a torcida é o maior patrimônio de um time, é a “camisa 12”, que incentiva, apoia e joga junto com os atletas.

Continua após a publicidade

E a presença da torcida não pode ser ameaçada. Por isso, diretoria e atletas de Avaí e Figueirense estão unidos em uma campanha para combater a violência no esporte. Além de ações dentro dos estádios de cada time durante os jogos, diversas peças publicitárias circularão em rádio, jornal e redes sociais. A campanha foi desenvolvida voluntariamente pela D/Araújo Comunicação.

De acordo com o presidente do Avaí, Nilton Macedo Machado, o fato dos times serem rivais dentro de campo, não significa que tenham que ser inimigos fora dos gramados. “A rivalidade no futebol existe e é saudável, mas ela tem que ser dentro das quatro linhas, com a bola no pé. Essa rivalidade não pode jamais se transformar em violência entre torcidas. A paz no futebol é fundamental para que se mantenha viva a paixão pelo esporte. Somente a valorização da cultura pela paz será capaz de promover o respeito entre quem faz o espetáculo em campo e nas arquibancadas”, avalia Machado.

As ações dentro de campo já começarão no Clássico de domingo, pela sétima rodada do Brasileirão. “Essa semana a campanha será lançada na mídia e algumas ações serão realizadas pelos dois clubes. Queremos paz nos estádios e não só nos clássicos, mas em todos os jogos. Os clubes catarinenses vivem hoje um grande momento, e com Avaí e Figueirense não é diferente. Precisamos nos unir para que o nosso futebol cresça ainda mais e, para que isso aconteça, o apoio e participação das torcidas são fundamentais. Não queremos destaque por conta de brigas e desentendimentos, mas sim por nossas conquistas dentro de campo”, explica o presidente do Figueirense, Wilfredo Brillinger.

A campanha Unidos Pela Paz ocorrerá ao longo de todo o Campeonato Brasileiro.

IMG_0995

Publicidade