Cães são mortos queimados e com as patas amarradas em São José

Publicidade

Seis cães foram encontrados mortos e queimados na manhã de domingo (29), no bairro Areias, em São José, em uma área onde moradores das redondezas jogam entulhos e ateiam fogo (nas proximidades da Avenida das Torres). Conforme a protetora de animais Jaqueline Inácio de Souza, os corpos de cinco deles foram achados juntos e com as patas amarradas. O outro estava também queimado e no mesmo terreno, mas sem amarras, segundo a protetora.

“Pelo que deu para ver, eles foram colocados em um saco de lixo e depois queimados. O que restou deles nos leva a crer que tinham pelagem bege e pelo porte pareciam ser da mesma família. O morador que nos chamou disse que viu o fogo na noite de sábado, mas como no local é comum usuários de drogas colocarem fogo e não deu atenção”, relatou Jaqueline.

Continua após a publicidade

A Polícia Militar esteve no local e registrou um boletim de ocorrência. Após o registro da PM, os voluntários enterraram os corpos dos animais no mesmo terreno.

Protetores de animais fizeram o enterro dos cães (Foto: Jaqueline Inácio de Souza/Arquivo Pessoal)

Maltratar, ferir ou mutilar animais é crime, com pena de três meses a um ano de prisão e multa. De acordo com a Polícia Militar Ambiental, o responsável pelo crime pode responder por maus tratos a animais e pagar uma multa que varia de R$ 500 a R$ 3 mil. Como teve uso de fogo, a multa pode ser aumentada para até R$ 4,5 mil.

A informação é do G1.

Publicidade