Celesc pagará R$ 69 milhões ao ano para continuar com cinco usinas em Santa Catarina

Publicidade

A Celesc Geração participou com sucesso do leilão 012/2015 realizado na manhã desta quarta-feira, 25, na Bovespa. A empresa arrematou o lote C e conquistou mais 30 anos de concessão para exploração das usinas Salto Weisbach, em Blumenau; Cedros e Palmeiras, em Rio dos Cedros; Garcia, em Angelina; e Bracinho, no município de Schroeder, que somam capacidade instalada de 63,2 MW.

A Companhia apresentou proposta de remuneração de R$ 68,963 milhões/ano pela prestação de serviço para as cinco usinas. O valor representa deságio de 5,21% sobre o preço-teto da receita estabelecida pela Aneel para os empreendimentos. A receita é uma combinação do retorno da bonificação pela outorga (RBO) com o custo de gestão dos ativos de geração (GAG), que inclui as melhorias a serem executadas pelas geradoras durante o prazo de concessão. Além disso, a Celesc terá o direito à venda de 30% da garantia física das cinco usinas no ambiente de contratação livre.

Continua após a publicidade

A participação da Celesc no leilão, fruto de muita discussão no campo estratégico, reafirma o compromisso do Grupo no fortalecimento da sua presença no setor de geração de energia elétrica. “A vitória no leilão é fato extremamente importante para a Companhia, porque nos permite atender nosso Plano Diretor, que prevê aumento da capacidade do parque de geração própria em 150MW até 2016 e 300MW até 2020, e contribui para a obtenção de novas receitas para o Grupo”, declara o presidente Cleverson Siewert.

O leilão é uma parte considerável das receitas extraordinárias que o governo pretende arrecadar neste ano. No certame, foram licitadas outorgas para exploração de 29 hidrelétricas que não tiveram as suas concessões renovadas pela Medida Provisória (MP) 579, em 2012. As hidrelétricas somam potência instalada de 6 mil megawatts (MW). Do total de R$ 17 bilhões com o pagamento dos bônus da outorga, cerca de R$ 11 bilhões devem ser pagos ainda em 2015. Pela concessão do lote C, a Celesc pagará R$228,559 milhões, sendo 65% pagos este ano e o restante em 2016.

Assessoria

Publicidade