Chape quer reverter vantagem do River

Publicidade

Os jogadores da Chapecoense se reapresentaram ontem à tarde e começaram a preparação para o jogo desta quarta-feira à noite, na Arena Condá, contra o River Plate, pelas  quartas de final da Copa Sul-Americana. O objetivo é surpreender os argentinos e reverter a derrota de 3 a 1 sofrida na semana passada, em Buenos Aires. “Vai ser um momento de festa, um momento que a gente vai buscar algo histórico para o clube e espero ter condições de entrar todo mundo bem para buscar o resultado”, disse o meia Camilo, durante entrevista coletiva.

No treino realizado no CT da Água Amarela, alguns jogadores que atuaram contra o Avaí, no domingo, fizeram um trabalho leve de recuperação, enquanto que outros participaram de parte do trabalho tático comandado por Guto Ferreira. A prioridade foi o posicionamento do time.

Continua após a publicidade

Como adiantou no domingo, o treinador da Chape ainda não definiu qual equipe deve colocar em campo contra o River. Em função do desgaste das últimas partidas e das viagens, a definição de quem entra jogando passará por uma avaliação feita em conjunto com a comissão técnica.

“A vontade do jogador também conta muito nesse momento. É claro que a parte da fisiologia, o maquinário está aí para nos auxiliar, mas não é só isso que vai escalar ou tirar um jogador de uma partida. Toda tecnologia, toda ciência, ela ajuda neste momento. Mas o feeling tanto do atleta, como da comissão técnica é o que leva a palavra final se o jogador vai para o jogo ou não”, explicou o preparador físico da Chapecoense, Anderson Paixão.

Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

Nesta terça-feira, à tarde, na Arena Condá, o Verdão fará o último treino antes do confronto com os argentinos.

Publicidade