Chapecoense vira sobre Grêmio e vence de 3 a 2

Publicidade

A Chapecoense derrotou o Grêmio de virada, por 3 a 2, neste domingo à tarde, na Arena do adversário, em Porto Alegre, em jogo válido pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série ‘A’. O time do oeste catarinense conseguiu a reação após estar perdendo de 2 a 0. Douglas e Bobô fizeram os gols do tricolor gaúcho. Já os da Chape foram de Túlio de Melo, que marcou duas vezes, e Apodi, que balançou a rede do goleiro Bruno Grassi aos 50 minutos da etapa final.

A vitória histórica deixou o Verdão de Chapecó com 38 pontos na tabela, na 14ª colocação e cinco pontos acima do ‘Z4’ – grupo dos quatro times que caem para a Segunda Divisão. Já o Grêmio permaneceu em terceiro, com 55 pontos. Agora, na quarta-feira (21), a Chape deixa de lado o Brasileirão e entra em campo pelas quartas de final da Copa Sul-Americana, contra o River Plate, em Buenos Aires.

Continua após a publicidade
Chapecoense vira sobre o Grêmio: foi de virar a cabeça!
Chapecoense vira sobre o Grêmio: foi de virar a cabeça!

O jogo

Na Arena do Grêmio, 21.900 torcedores testemunharam mais um grande feito da Associação Chapecoense de Futebol. Com um a menos em campo, depois de estar com dois gols de desvantagem, o Verdão lutou até o fim e, de virada, conquistou a segunda vitória fora de casa no Campeonato Brasileiro.

O fim da tarde de domingo, 18 de outubro de 2015, não começou nada bem para a Chape. Logo no início da partida, o meia Douglas acertou um belo chute de fora da área e abriu o placar para o Grêmio. O gol não abalou o Verdão. Na sequencia, em chute de perna esquerda, Camilo acertou a trave de Bruno Grassi. A Chapecoense ainda teve duas boas oportunidades de cabeça. Uma com Camilo e a outra com Túlio de Melo.

O Grêmio foi efetivo. No contra ataque, Bobô dividiu com Silvio e fez o segundo dos gaúchos. No lance, o goleiro da Chape saiu de campo com suspeita de fratura no nariz.

Na segunda etapa, a Chapecoense mudou o ritmo e a história do jogo. O Verdão foi criando uma chance atrás da outra. Jogadas rápidas e envolventes.  Essa foi a receita da virada. Jogada rápida pela direita e Apodi sofreu pênalti. Túlio de Melo cobrou e marcou o primeiro. Depois, a jogada rápida foi pela esquerda. Maranhão cruzou e Túlio de Melo fez o segundo.

No fim do jogo, o zagueiro Vilson foi expulso. Com um a mais em campo, o Grêmio pressionou, mas a Chapecoense segurou as pontas. Aos 49 minutos, no último lance do jogo, mais uma jogada rápida do Verdão. Pelo meio, Cleber Santana lançou Apodi. O lateral da Chape saiu da defesa, percorreu mais de 70 metros e tocou na saída de Bruno Grassi. 3 a 2 para a Chape.

 

Publicidade