Desligamento do sinal analógico é prorrogado para 28 de fevereiro

Dicom – Quem ainda não se preparou para receber o sinal digital terá agora mais tempo para não ficar sem a programação da TV aberta: o prazo para o desligamento do sinal analógico foi estendido até 28 de fevereiro para ocorrer em Biguaçu, Antônio Carlos, Florianópolis, São José, Palhoça, Paulo Lopes e São Pedro de Alcântara. A data inicial para a mudança seria nesta quarta-feira (31/01).

A decisão pela prorrogação do prazo foi tomada em reunião na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), tendo como base pesquisa realizada pelo Ibope Inteligência, que apontou que 11% dos domicílios da Capital ainda utilizam o sinal analógico.  A coleta dos dados foi realizada entre os dias 16 e 27 de janeiro, com 2.044 entrevistas.

Conteúdo impulsionado

Para saber se sua TV ainda está ligada ao sinal analógico, observe se a letra “A” aparece na tela. Televisores antigos (modelos de tubo ou de LED, LCD ou Plasma sem o selo DTV fabricadas antes de 2010) necessitam de um conversor e antena do tipo UHF para receber o novo sinal, que permite imagens mais nítidas, som de melhor qualidade e o fim de ruídos, chiados e interferências, comuns no antigo sistema analógico.

Com o desligamento do sinal analógico, haverá a liberação da faixa de 700 MHz, atualmente ocupada por canais de TV aberta em tecnologia analógica. Essa radiofrequência será utilizada para ampliar a disponibilidade do serviço de telefonia e internet de quarta geração (4G) no Brasil.

Os beneficiários de programas sociais do Governo Federal como Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Tarifa Social de Energia Elétrica, entre outros, têm direito a receber um kit gratuito (com antena, conversor e controle remoto).  É necessário acessar o site www.sejadigital.com.br ou ligar gratuitamente para 147 e agendar a retirada.

Em Biguaçu, o ponto de retirada do kit está em funcionamento desde outubro do ano passado em sala cedida pela Prefeitura no Mercado Público Municipal, localizado na Rua João Born, nº 208, Centro.

Conteúdo impulsionado