Empresa prepara 2 mil lotes de lançamentos urbanísticos para 2021

Publicidade

Da Assessoria – O ano de 2021 será de muitas novidades para a Alínea Urbanismo. A tradicional empresa de São José, com três década de atuação, conta com 30 projetos já assinados para lançamentos nos próximos anos, com expectativa de lançamento de quase 2 mil lotes neste primeiro semestre. “Estamos vivendo um período desafiador desde 2020, mas também cheio de oportunidades”, destaca o presidente Davi Souza.

Imagem: Divulgação

Atualmente responsável por cerca de 30 empregos diretos, a Alínea abre aproximadamente 100 vagas indiretas a cada novo projeto, gerando assim desenvolvimento e renda. “Buscamos sempre mão de obra de padrão altamente elevado e valorizamos os colaboradores da nossa região, pois temos um compromisso real com as pessoas das nossas comunidades”, salienta Davi.

Continua após a publicidade

Ao longo de sua trajetória, já entregou 7 mil terrenos, 84 km de ruas pavimentadas com rede coletora de esgoto e rede de energia elétrica, e outros 65 km de drenagem, estando presente em 15 cidades. “Tudo é projetado a partir de uma concepção urbanística moderna, com infraestrutura completa. Nós utilizamos engenharia de ponta com rigoroso controle de qualidade”, explica o diretor de negócios Rafael Martins.

A empresa de São José está investindo fortemente na região Sul do Estado, a exemplo do recém-lançado loteamento residencial Alínea Santa Luzia, na Estrada Geral da Madre, em Tubarão. O próximo projeto será em Braço do Norte, no Rio Bonito, região em pleno desenvolvimento.

O diretor conta que, por possuírem laboratório de solo e pavimentação próprio, a via pavimentada entregue é concebida a partir de estudos das densidades e estruturas de cada terreno, com máxima qualidade e durabilidade. “Nosso meio-fio, moldado in loco, garante um acabamento muito melhor”, completa.

Todo o trabalho é executado em parceria com os proprietários dos espaços, com oferta de expertise e estrutura, para planejar e executar a obra com o melhor aproveitamento da área. “Dessa forma, garantimos valor nas relações de negócio com ganhos reais para todos os lados”, acrescenta o presidente Davi.

A Alínea também mantém preocupação ambiental e já promoveu a plantação de mais de 23 mil árvores. A iniciativa se dá com projetos paisagísticos diferenciados, utilizando preferencialmente espécies nativas com potencial ornamental. Esse resgate de espécies ameaçadas de extinção, inclusive, já foi reconhecido pelo Prêmio Max Hablitzel, que é entregue a empresas com destaque na preservação do meio ambiente em Santa Catarina.

Publicidade