Epagri apresenta plano anual de trabalho para município de Biguaçu

Publicidade

O Plano Anual de Trabalho 2021 para Biguaçu nas áreas de agricultura, aquicultura, pesca, pecuária, turismo rural e desenvolvimento social para agricultores familiares, pescadores artesanais e indígenas foi apresentado nessa terça-feira (26) para o prefeito Salmir da Silva e para o secretário municipal de Agricultura, Pesca e Aquicultura, Pedro Luiz de Aquino Nau. Ambos estiveram reunidos com a equipe técnica da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri), do escritório municipal em Biguaçu e da Gerência Regional de Florianópolis.

Prefeito e secretário de Agriculta se reuniram com representantes da Epagri (Foto: Martha Huff /DICOM PMB)

Na oportunidade, os profissionais da Epagri elogiaram a escolha de Pedro Nau para estar à frente da secretaria da área, por ser agricultor e filho de agricultores, conhecendo a realidade dos produtores rurais de Biguaçu.

Continua após a publicidade

As características peculiares do município também foram apontadas pela equipe da Epagri, pois em Biguaçu há comunidades que trabalham com agricultura e pesca, cinco aldeias indígenas, transpassando por todas as áreas envolvidas nos serviços prestados pela Epagri.

“Neste ano, no mês de novembro, a Epagri completará 30 anos. Mais uma vez queremos estar atuantes em Biguaçu, com profissionais altamente qualificados e todos concursados, seja no escritório no município como também contando com toda a estrutura estadual da empresa, com pesquisa, dados técnicos, socioeconômicos e informações e ações de apoio à Prefeitura”, destacou Adriana Tomazi Alves, engenheira agrônoma e gerente regional da Epagri.

O secretário Pedro Nau reforçou a necessidade de manter “a boa parceria entre Prefeitura e Epagri, para que as equipes continuem em conjunto prestando apoio aos produtores rurais, pescadores e maricultores”. Cursos e capacitações foram solicitadas pelo secretário durante a reunião, que foi informado que estão previstas no planejamento, mas dependem da situação da pandemia de Covid-19, podendo, na medida das possibilidades, serem feitas de forma remota, como ocorreu recentemente com as merendeiras da rede municipal de ensino realizada pela Epagri.

Por sua vez, o prefeito Salmir destacou o respeito e admiração pelo trabalho desenvolvido pela Epagri. “O nosso objetivo é que a Secretaria de Agricultura não seja apenas uma pasta de obras para o setor, mas que seja executado um trabalho mais amplo, com possibilidades para o crescimento das atividades dos agricultores e pescadores do nosso município”, finalizou.

Participaram da reunião Cilana Bertoncini, extensionista social, e os engenheiros agrônomos Rafael Marçal e Luciano Tomaselli, profissionais que atuam no escritório municipal de Biguaçu. Também estiveram presentes a gerente regional Adriana Alves, Marta Correia, extensionista social, e o coordenador de Assistência Técnica e Extensão Rural, Julio Cesar Mello, vindos da Gerência Regional de Florianópolis.

Publicidade