Estudante morre na Guarda do Embaú durante gincana universitária

Publicidade

G1

Um universitário de 21 anos morreu após passar mal entre a noite de sábado (14) e a madrugada de domingo (15) em um evento promovido por alunos da Atlética do Centro de Ciências da Administração e Socioeconômicas (Esag), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), realizadona Guarda do Embaú, em Palhoça, Grande Florianópolis.

Continua após a publicidade

Gustavo Bortoluzzi estaria participando de um evento tradicional dos alunos, conhecido como Gincana de Verão, em um camping da praia, de acordo com a assessoria de comunicação da Udesc. Ele teria sido socorrido, mas morreu antes de chegar ao hospital. De acordo com a universidade, ele era aluno do último ano de administração empresarial.

Conforme informou a Polícia Civil à RBS TV, não foi registrada nenhuma ocorrência sobre o caso. O Corpo de Bombeiros de Palhoça também afirmou não ter sido acionado para atendimento.

Causa indeterminada

O corpo deu entrada pela manhã no Instituto Médico Legal (IML) de Florianópolis e foi liberado à tarde. De acordo com o IML, a causa da morte ainda é indeterminada. O resultado dos exames deve sair ainda nesta semana, informou o instituto.

No início da noite, o corpo de Gustavo começou a ser velado em Tubarão, no Sul do estado, onde vive a família do universitário.

Foi marcada uma missa para as 9h desta segunda (16) na Catedral da cidade. Em seguida deve ocorrer o sepultamento, no cemitério Horto da Saudade.

‘Era sem igual’

“Ele era sem igual”, disse ao G1 um dos melhores amigos de Gustavo, que não participou da gincana.

“Foi uma pessoa sensacional. Carismático, inteligente, bonito, forte, amigo. Um dos mais inteligentes, sempre com boas notas e ajudando o pessoal a estudar”, descreveu o colega de faculdade.
Nota da universidade

Em nota, a Esag comunicou “com profundo pesar o falecimento do acadêmico Gustavo Bortoluzzi, graduando do curso de Administração Empresarial”. “Em nome do centro de ensino, a equipe diretiva manifesta sinceros votos de pêsames aos familiares”, diz o texto.

Até a publicação desta notícia, o G1 não havia conseguido contato com o grupo organizador da gincana da qual o jovem participava.

Publicidade