Exportações de empresas catarinenses registram aumento de 4,​8% em janeiro

O ano começou com uma ótima notícia para o comercio exterior catarinense. O panorama econômico da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc) mostra que, em janeiro, a exportação teve um acréscimo de 4,8% frente ao mesmo mês no ano passado, com mais de R$ 591 milhões de vendas para os países estrangeiros. Os indícios de reaquecimento da economia são percebidos também pelo crescimento significativo nas importações. Elas tiveram um aumento de 29,78% se comparadas com janeiro de 2017.

Segundo Erica Debossan Reinert, diretora da UP Comex – que soma mais de 20 anos de atuação com comércio internacional em Santa Catarina -, os números refletem as oportunidades que as empresas catarinenses têm quando passam a ver o mundo como seu mercado. “Temos produtos e serviços inovadores, que podem e devem ultrapassar fronteiras. É importante que as companhias pensem nas transações para o exterior de forma estratégica nas questões tributárias e legais”, diz.

Conteúdo impulsionado

A complexidade das operações de comércio internacional muitas vezes afasta os pequenos e médios negócios dessa possibilidade. Erica comenta que, a partir do momento em que contam com trades e operadoras com capacidade para entender a sua realidade, empresas de qualquer porte poderão ampliar o seu olhar sobre o mercado. “Na UP Comex nós trabalhamos com projetos interdisciplinares e customizados. Há pequenas indústrias que nos procuraram com o desafio de buscar oportunidades internacionais. Nós descobrimos um imenso potencial que estava inexplorado até então”, comenta.

Conforme dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic), o ano de 2017 encerrou com saldo positivo para as exportações em Santa Catarina, somando US$ 8,51 bilhões. Foi um acréscimo de 12% em relação ao mesmo período de 2016. O destaque foi para o agronegócio, que respondeu por 65% das exportações do estado.
Nádia Fontes
Assessoria de Imprensa

Conteúdo impulsionado