Famabi destaca três grandes projetos de educação ambiental

Publicidade

Secom

A Fundação Municipal de Meio Ambiente de Biguaçu (Famabi), como forma de contemplar todas as ações necessárias à gestão ambiental no município, principalmente com relação à proteção e preservação do meio ambiente, tem desenvolvido diversos projetos de educação ambiental que, junto às atividades de licenciamento e fiscalização, fortalecem a conscientização da comunidade em relação ao meio ambiente ecologicamente equilibrado.

Continua após a publicidade

Dentre as atividades realizadas, destacam-se três grandes projetos: Projeto Guardião Ambiental; Projeto FERA – Frente de Educação e Resgate Animal; Projeto Protetor Ambiental Nível I (PROA I), em parceria com a Polícia Militar Ambiental.

Além desses projetos, a equipe da Famabi tem desenvolvido ações pontuais de educação ambiental em escolas e espaços públicos. O objetivo da Famabi é desenvolver cada vez mais ações de educação ambiental no município, visando criar uma ampla rede de sensibilização ambiental, além de aproximar o órgão às novas gerações, fomentando a prevenção de ilícitos ambientais.

Os projetos contam com o apoio da Secretaria Municipal de Educação, da Polícia Militar Ambiental do Estado de Santa Catarina e de empresas parceiras como Pedrita Planejamento e Construções, Otrebor Engenharia, INPLAC, Deltaville, Construtora Spindola, Supermercados Angeloni, Supermercado Mercocentro e Padaria Marilu.

Conheça mais sobre projetos:

– Projeto Guardião Ambiental: tem como objetivo sensibilizar os adolescentes regularmente matriculados nos 7º e 8º anos. O projeto tem a duração de um ano e ocorre por meio de encontros semanais. Em cada encontro, os alunos se deparam com temas de cunho ambiental, ministrado por profissional da área. As aulas envolvem teoria, prática e saídas de estudo.

– Projeto FERA: a Frente de Educação e Resgate Animal tem como público direto os alunos dos 5º anos. O objetivo é trabalhar a conscientização das crianças quanto à caça e o comercio ilegal de animais silvestres. As atividades consistem em visitas técnicas guiadas à Trilha do Rio Vermelho, em Florianópolis, local onde podem observar as condições dos animais vítimas da caça ilegal e maus tratos. O acompanhamento é feito pela equipe de educadores ambientais da Famabi e por jovens, Protetores Ambientais da Polícia Militar Ambiental.

– Projeto PROA I: projeto que tem como público os alunos dos 4º anos e ocorre através de encontros nas escolas, compreendendo duas horas/aula por semana. A ideia desse projeto é que adolescentes já formados no Projeto Guardião Ambiental possam repassar conhecimentos sobre o meio ambiente às crianças. É uma via dupla de aprendizagem. Um processo em que jovens ensinam crianças e aprendem com elas, e vice-versa.

Superintendência de Comunicação Social

Publicidade