Florianópolis vai instalar 32 chuveiros nas praias na temporada de verão

Publicidade

Pela primeira vez na história das temporadas de verão de Florianópolis, a cidade vai contar com 32 chuveiros públicos, distribuídos entre suas principais praias – que já contam, desde que a Operação Presença foi criada, há três anos, com banheiros químicos. Nesta edição da operação, os banhistas terão, além dos chuveiros, 200 banheiros, estrategicamente postados. A princípio, irão receber os deques com chuveiros as praias dos Ingleses, Santinho, Ponta das Canas, Praia Brava, Canasvieiras, Barra da Lagoa, Lagoa da Conceição, Campeche e Pântano do Sul, informa a assessoria.

A disponibilização de chuveiros foi a principal novidade da Operação Presença – Verão 2016, cujos  trabalhos  vão se estender até março do ano que vem e que são coordenados e monitorados pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Turismo.

Continua após a publicidade

“Esta união das entidades e dos órgãos competentes que estamos realizando desde 2013 veio para ficar. Ela demonstra a importância de realizarmos uma temporada com esta interlocução entre os setores, enfrentando as dificuldades juntos. Vamos manter as ações que têm dado certo até então, e incrementar ainda mais este trabalho com ações como, por exemplo, colocando os chuveiros nas praias, algo que nunca havia sido feito neste período”, ressaltou o prefeito Cesar Souza Junior.

Desde o mês de agosto, foram realizadas mais de 20 reuniões técnicas, divididas nos quatro eixos temáticos que compõem a Operação: infraestrutura; serviços e equipamentos turísticos; cultura e lazer e sustentabilidade. Ao todo, mais de cem dirigentes, representantes de órgãos governamentais e o trade turístico participaram dos encontros. Neles, foram elencadas as ações para o verão 2016, definindo as prioridades por região e estabelecendo um cronograma.

“A previsão é de que nesta temporada haja um incremento de 20% no número de turistas, sendo a alta do dólar um dos fatores aliados do setor. Com isto, movimentamos o turismo interno, deixamos de ir para o Exterior, e os visitantes da América Latina buscam o Brasil como destino, em especial o litoral. Precisamos trabalhar em cima das nossas potencialidades, gerando renda para a nossa cidade”, frisou a secretária de Turismo, Zena Becker.

Ações voltadas para as atividades náuticas serão trabalhadas nesta temporada, como a coordenação do processo de regularização das escunas de Canasvieiras; a regularização dos píeres e atracadouros da Costa da Lagoa; a coordenação do projeto do Parque Urbano Beira-mar, que prevê uma marina com vagas molhadas.

Nas praias, haverá a instalação de 200 sanitários químicos portáteis, 16 decks de madeira, com dois chuveiros em cada, totalizando 32, para que possa ser atendida a necessidade destes equipamentos em 25 praias da cidade. As instalações permanecerão nos locais no período que vai de 1º de dezembro a 2 de março.

Publicidade