Funcionários da Havan de Biguaçu serão do município, afirma Luciano Hang

Publicidade

Os cerca de 150 funcionários da loja que a Havan irá construir em Biguaçu serão quase todos do município, segundo afirmação do diretor-presidente da empresa, Luciano Hang, feita nesta sexta-feira (6), durante ato de lançamento da unidade. “Excetuando o gerente, todos os outros colaboradores serão aqui da cidade, pois a Havan valoriza as pessoas do local”, comentou.

Ao Biguá News, ele informou que, dentro de aproximadamente 60 dias, o gerente da futura loja – que deve ficar pronta até agosto – virá a Biguaçu para começar o processo de seleção. “É importante a gente levar os empregos para a cidade onde a gente coloca uma loja, pois é o que mais interessa para toda a cidade e a região, que é a geração de empregos, riqueza e alegria”.

Continua após a publicidade

Hang preferiu não comentar o valor em folha salarial que a unidade poderá injetar no município após entrar em funcionamento. Contudo, garantiu que nas cidades onde se instala, a loja está entre as empresas que mais movimentam a economia. “Tem cidades onde a Havan é a primeira ou a segunda arrecadadora de impostos. Quando nós empregamos 150 pessoas, só esse dinheiro que gira na economia local, como em farmácias, cabeleireiras, supermercados, restaurantes, por exemplo, gera muita riqueza. Então não tenho dúvida que a nossa vinda para cá irá contribuir muito com a economia de Biguaçu”.

O objetivo do empresário é que o empreendimento de R$ 25 milhões fique pronto em um período de até quatro meses, após a prefeitura emitir o alvará para construção. O prefeito Ramon Wollinger (PSD) já determinou que sua equipe da Secretaria de Planejamento dê celeridade à emissão da autorização para iniciar a obra.

A unidade terá 7 mil metros quadrados de área construída – ao lado da Inplac – e pretende ser um centro de turismo, compras, lazer e serviços, com ampla área de alimentação, além de um completo mix de produtos (mais de 100 mil itens nacionais e importados).

Leia também:

Havan será construída em 4 meses após prefeitura emitir o alvará

Biguaçu elabora projeto fiscal para atrair mais empresas

ISS é reduzido a 2% para 116 atividades em Biguaçu

Publicidade