Greve dos bancos fecha agências em Biguaçu no 3º dia

Publicidade

A greve nacional dos bancários, aprovada por 140 sindicatos filiados à Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf/CUT), fechou agências em todo o país. Em Biguaçu, bancos também estão fechados, como o Banco do Brasil e o Bradesco.

A greve começou na terça-feira (6) e entra no terceiro dia. Os usuários do sistema bancário podem efetuar pagamentos de contas em caixas eletrônicos, internet banking, casas lotéricas ou cooperativas de crédito.

Continua após a publicidade

A paralisação é por reajuste salarial, benefícios e contra demissões. A categoria reivindica aumento real de 5%, mais a reposição da inflação, de 9,31%.  A Febraban oferece reajuste de 6,5% nos salários e benefícios, além de abono de R$ 3 mil, a ser pago de uma vez. “Somados, o abono e o reajuste representarão ganho superior à inflação na remuneração do ano da grande maioria dos funcionários do sistema bancário”, diz, em nota.

Demissões

Os bancários protestam também contra o fechamento de postos de trabalho. No primeiro semestre deste ano, foram demitidos sete mil trabalhadores do setor em todo o Brasil, segundo dados do sindicato.

Em todo o país, cerca de 500 mil funcionários atuam no setor, que obteve lucro líquido de R$ 30 bilhões em seis meses, conforme estimativa do sindicato, que leva em conta o faturamento dos cinco maiores bancos do país.

Publicidade