Guarani com reforços e pronto para o estadual

Publicidade

Buscando qualificar ainda mais o elenco para a disputa da primeira divisão do Campeonato Catarinense 2016, o Guarani de Palhoça oficializou a contratação de mais três reforços: o volante Adriel, o meia Alex Maranhão e o atacante Hélio Paraíba. O time fez pré-temporada em Abelardo Luz, no Oeste catarinense, visando preparação para o Campeonato Catarinense – que começa no próximo fim de semana. O ‘Bugre’  estreia no sábado, às 19h30, contra o Joinville, no estádio Renato Silveira, o “Renatão”, em Palhoça.

Guarani tem reforços e finaliza preparação para o estadual
Guarani tem reforços e finaliza preparação para o estadual

Os reforços

Continua após a publicidade

Adriel Messias Ferreira Andrade, ou Adriel, joga como volante e tem 24 anos. Ele iniciou sua carreira no Atlético Goianiense. Jogou no Atlético Paranaense. Sua última equipe foi o Caldas Novas de Goiás. “O Campeonato Catarinense tem muita visibilidade. Pelo nível dos times, o Brasil inteiro e até o exterior tem buscado acompanhar a competição. O Guarani tem boa estrutura e honra seus compromissos. O ambiente de trabalho é bom e podemos trabalhar com tranquilidade. Espero fazer uma grande competição e ajudar a equipe conquistar seus objetivos”, comentou Adriel.

Alexsandro Carvalho Lopes, o “Alex Maranhão”, é meia e tem 30 anos. Teve passagens por Ceará, Fortaleza, Ituano, Bahia (onde foi campeão baiano em 2009). Também jogou no futebol português, chinês e egípcio, sendo seu último clube o Sampaio Corrêa (MA).

“Escolhi o Guarani pelo projeto que foi apresentado. Já passei por vários clubes e é a primeira vez que vou jogar o Catarinense. É uma grande oportunidade para colocar meu trabalho na vitrine do futebol nacional. Vou procurar assimilar o que o professor Sérgio Ramírez pedir e ajudar os mais jovens em sua formação”, disse Maranhão, em sua chegada.

Hélio Alves da Silva Júnior, o “Hélio Paraíba”, tem 23 anos e reforça o ataque do Bugre. O atleta foi revelado pela Ponte Preta e jogou em clubes da Paraíba, como Treze, CSP e Icasa, seu último clube. “Antes de vir para o Guarani tive boas informações. Sempre acompanhei o Campeonato Catarinense e sei da visibilidade que tem. Vejo esta oportunidade como um ‘trampolim’ em minha carreira. Quero fazer um grande campeonato junto com nossa equipe”, disse.

Publicidade