Pais e irmã de traficante são presos por agredir PM’s e danificarem viaturas no Litoral Norte

Publicidade
Danificaram viatura
Parentes do acusado danificaram viatura

Pai, mãe e a irmã de um adolescente apreendido nesta segunda-feira à noite, sob acusação de tráfico de drogas, foram presos pela Polícia Militar, em Balneário Camboriú, por terem agredidos verbalmente e fisicamente os policiais que estavam registrando a ocorrência, e também por danificarem viaturas. Todos foram parar atrás das grades.

Conforme a PM, ontem, por volta das 22h30, uma guarnição em rondas na rua Corupá, bairro dos Municípios, abordou um adolescente de 16 anos – que já é conhecido por suas práticas delituosas  – e estava em atitude suspeita de tráfico. Em revista pessoal foi encontrado em posse dele um torrão de maconha de aproximadamente três gramas. Durante a abordagem, várias pessoas tentavam a todo instante impedir o trabalho dos policiais, hostilizando e agredindo verbalmente.

Continua após a publicidade

Diante da situação, o menor foi apreendido para ser conduzido até a Delegacia Especializada. Ao ser colocado na viatura policial, um indivíduo, identificado como sendo o pai do adolescente, investiu contra a guarnição tentando soltar o menor, agredindo os policiais, “sendo que foi necessário o uso da força e apoio de outras viaturas, visto que outros vizinhos também investiram contra a guarnição”, informou a PM.

Contornada a situação, com o apoio das demais viaturas, foram presos um homem e três mulheres por desacato e conduzidos até a delegacia especializada, juntamente com o adolescente. “Durante todo o procedimento policial, as guarnições receberam vários insultos por parte dos moradores vizinhos ao local da abordagem, ofendendo não só os policiais, como também seus familiares, usando jargões do mundo do crime e outras palavras de baixo calão”, pontuou, a Polícia Militar.

Diante de toda a confusão, o pai do adolescente, um homem de 40 anos, foi preso por agredir verbal e fisicamente os policiais. Inconformada, a mãe do menor, de 37 anos, também passou a agredir verbalmente as guarnições.  “Não bastasse isso, atirou uma pedra na viatura quebrando o vidro traseiro e saiu correndo, sendo abordada e presa em flagrante por dano ao patrimônio público e desacato”, relatou a polícia, no Boletim de Ocorrência.

Após serem conduzidos para a delegacia, a irmã do adolescente apreendido, uma jovem de 23 anos, compareceu à delegacia e foi flagrada riscando a viatura que estava estacionada em frente ao local, com uma chave, danificando a lateral, sendo, também, presa em flagrante. “O adolescente apreendido já possui cinco passagens por tráfico e posse de drogas, duas por dirigir sem habilitação, e três receptação de veículo roubado”, mencionou a PM.

As informações são do 12º Batalhão de Polícia Militar.

Publicidade