Guardiões Ambientais de Biguaçu visitam propriedade da agricultura familiar

Publicidade

Os alunos do projeto Guardião Ambiental estiveram nesta semana na propriedade da família Harry Westphal, localizada na região da Limeira, visando conhecer um pouco mais sobre a agricultura familiar.

O projeto Guardião Ambiental é uma iniciativa da Prefeitura de Biguaçu, através da Fundação Municipal de Meio Ambiente (Famabi) e Secretaria de Educação, e beneficia uma turma composta de 39 alunos das escolas municipais com idade entre 11 e 14 anos, tendo como objetivo a formação de multiplicadores para as ações de educação ambiental. O curso é gratuito com encontros às terças-feiras no período vespertino. Entre as atividades estão aulas teóricas e práticas, com saídas a campo uma vez por mês.

Continua após a publicidade

Alunos auxiliaram na extração de caldo de cana cultivado no local - Foto FAMABIOs jovens guardiões foram recebidos por um dos responsáveis pela propriedade, o senhor Érico Westphal. Na oportunidade foi discutida a preocupação ambiental e social sobre o uso de agrotóxico, contando com o apoio do engenheiro agrônomo Rafael Pereira Marçal, da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri).

A engenheira ambiental Isabel Medeiros Moreira, da Famabi, destacou que “a aula foi muito proveitosa, além dos problemas levantados sobre o uso de agrotóxico, os alunos conheceram algumas plantações,  alimentaram os animais criados na propriedade e auxiliaram na extração de caldo de cana cultivado no local”.

Para o prefeito Ramon Wollinger, “através de ações de educação ambiental estamos formando cidadãos mais conscientes e preocupados com a preservação sustentável dos recursos naturais, além disso, todo o conhecimento que irão adquirir com certeza será levado às famílias, às escolas e às comunidades”.

A informação é da assessoria.

Publicidade