Homem é preso em São José por estuprar enteada deficiente por 3 anos

Publicidade

A Polícia Civil cumpriu, na tarde desta segunda-feira (12), em São José, a prisão preventiva de um homem de 35 anos por estupro de vulnerável. Ele é acusado de abusar da enteada, que tem deficiência, dos 15 anos aos 18 anos, além de incidir no crime do artigo 240 do ECA, filmando os abusos sexuais.

Os fatos só chegaram ao conhecimento da mãe da adolescente, pois sua sobrinha que também foi vítima de filmagens realizadas pelo suspeito, relatou os acontecimentos.

Continua após a publicidade

Leia também:

São José amplia vacinação para idosos de 65 e 66 anos de idade

Polícia cumpre mandados contra o crime organizado em Biguaçu

A prisão foi realizada pela Delegacia de Polícia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI). Concluídas a formalização dos procedimentos e o interrogatório, o preso foi encaminhado ao Presídio da Capital, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário. A polícia não informou o nome do suspeito e nem o bairro onde ocorreu a prisão.

Notícias grátis no WhatsApp? Clique aqui.

Publicidade