Homem que deu facada na esposa e ateou fogo na casa é condenado a 16 anos de prisão

Publicidade

O Tribunal do Júri realizado no fórum da Comarca de Bom Retiro (120 km de Florianópolis – na região serrana) condenou um homem a 16 anos e quatro meses de reclusão, a serem cumpridos inicialmente em regime fechado, por tentativa de feminicídio, incêndio e vias de fato. A sessão, realizada no dia 9 de agosto,  foi presidida pelo juiz Edison Alvanir Anjos de Oliveira Júnior.

Consta do processo que os crimes foram praticados pelo réu contra a ex-mulher, que, após 10 anos de casamento, em razão de constantes agressões, resolveu terminar a relação.

Continua após a publicidade

Inconformado com o fim do relacionamento, ocorrido em dezembro de 2017, o agressor foi até a casa da vítima com o intuito de matá-la. Armado de faca, ele avançou sobre a ex-companheira, que correu em direção à via pública com a filha de três anos no colo. Neste momento, ela foi atingida por uma facada e, na sequência, acabou sendo salva pelo próprio filho, que impediu novas investidas do acusado e até mesmo a morte da mãe.

Logo após agredir a ex-esposa, o homem foi até a casa onde a vítima morava e ateou fogo no imóvel, danificando diversos bens móveis no interior da residência, informa a assessoria do Tribunal de Justiça de Santa Catarina.

(Autos n. 0000042-52.2018.8.24.0009).​

Publicidade