Hospital de Biguaçu abre 10 leitos de UTI para pacientes com Covid-19

Publicidade

O Hospital Regional de Biguaçu abriu, nesta quarta-feira (12), 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). As unidades são destinadas ao atendimento de pacientes com Covid-19 na Grande Florianópolis. A abertura simbólica contou com a presença do prefeito Ramon Wollinger, do diretor do Hospital Márcio Sottana e do secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro. O custeio dos leitos será feito com recursos do Ministério da Saúde. O valor mensal é R$ 480 mil.

Foto Paulo Rodrigo Ferreira (DICOM PMB)

A abertura foi possível após uma série de reuniões entre o município de Biguaçu com a Secretaria de Estado de Saúde e diante da preocupação dos prefeitos das quatro maiores cidades da região com o aumento de casos de coronavírus. O acordo ocorreu há exatos 15 dias, quando o Estado sinalizou a entrega de equipamentos.

Continua após a publicidade

Leia também:

Biguaçu tem mais 4 mortes por Covid e total de óbitos por coronavírus vai a 26

Governador Celso Ramos tem quatro mortes por Covid-19

Governador Celso Ramos tem 352% de aumento da Covid em julho

Biguaçu, Florianópolis, Palhoça e São José prorrogam restrições conjuntas

Hospital de Biguaçu receberá 10 leitos de UTI para pacientes de Covid-19

Notícias no WhatsApp? Clique aqui: https://chat.whatsapp.com/LcIjuTus86K53EQX4uT80w

Foram entregues pela Secretaria de Estado 10 ventiladores pulmonares, 10 monitores multiparâmetro, um carrinho de emergência e um desfibrilador. A Prefeitura de Biguaçu, através da Beneficência Camiliana do Sul, entidade que administra o hospital, ficou responsável pela contratação dos profissionais de saúde e montagem de toda estrutura.

“A abertura desses leitos de UTI é uma grande conquista para o município de Biguaçu e para a Grande Florianópolis, pois contempla uma necessidade enorme diante do problema que o nosso sistema de saúde vem enfrentando. Além disso, com a estrutura montada, vamos trabalhar para que após a pandemia o Estado mantenha a unidade em funcionamento, permitindo a realização de cirurgias de alta complexidade e que assim a estrutura do hospital funcione na sua totalidade”, destacou o prefeito Ramon Wollinger.

O Hospital Regional de Biguaçu Helmuth Nass foi inaugurado há cinco anos. No local são realizados atendimentos ambulatoriais e cirurgias de média e baixa complexidade. Há dois anos, em agosto de 2018, foi inaugurada a maternidade.

Na unidade hospitalar existe uma ala exclusiva para pacientes com Covid-19. O espaço conta com 14 leitos, quatro deles com ventiladores. Além disso, desde julho abriga também um Centro de Triagem 24 horas, para atendimento de sintomáticos.

Para o secretário de Estado da Saúde, André Motta, “a abertura dos leitos ocorre num momento muito importante para a saúde pública no enfrentamento à pandemia e é fruto do diálogo e da conversa entre o munícipio e o estado”. Motta destaca ainda que “o Hospital de Biguaçu é referência e que os governos do município e estado já estudam a permanência dos leitos após a pandemia.

O ato foi acompanhado pelo presidente do Legislativo Municipal, vereador Nei Cláudio da Cunha, pela secretária municipal de Saúde, Andrea Coelho, pelo superintendente municipal de Saúde, Clemilson Augusto de Souza, pelo ex-prefeito José Castelo Deschamps e por colaboradores e equipe técnica do município e do Hospital. O pároco da Paróquia São João Evangelista, padre Ewerton Martins Gerent abençoou as instalações.

Publicidade