Indústria de pescados catarinense doa cestas básicas para comunidades

Publicidade

Da Assessoria – Um dos reflexos mais preocupantes da pandemia tem sido a crise econômica e, consequentemente, a diminuição do poder aquisitivo da população brasileira. O que impacta diretamente na possibilidade e qualidade da alimentação. Por isso, ciente de sua responsabilidade social, a Agroforte tem investido em uma série de ações com as comunidades do entorno da fábrica, localizada em Biguaçu (SC). E a última, realizada ontem (01/06), promoveu a entrega de 100 cestas básicas nas comunidades de Areias de Cima, Estiva, Jardim Carolina e Cachoeira. 

“Em nossas ações sempre buscamos implementar iniciativas sociais, que resultem na qualidade de vida das pessoas que moram nos arredores da fábrica. E como reflexo da pandemia, percebemos que estas comunidades estão ainda mais vulneráveis e precisando da nossa atenção”, avalia José Humberto de Souza, gestor da Agroforte.

Continua após a publicidade

Além disso, a indústria também realizou diversas campanhas para garantir segurança e uma atenção especial no reforço ao sistema imunológico. Como foi o caso da entrega de kits com alimentos e orientações sobre como bons hábitos são efetivos na proteção à saúde. E a ação de testagem de Covid-19 realizada em toda a equipe. 

Responsável pelo reaproveitamento diário de toneladas de resíduos de pescados, a fábrica também investiu em uma série de cuidados sanitários, como a diminuição do fluxo de terceiros, operação com equipe reduzida e algumas restrições às áreas sociais da empresa. Além, é claro, do uso obrigatório de máscara e a disponibilização de álcool 70% em diversos pontos estratégicos da fábrica e nos caminhões, para a higienização das mãos. 

Publicidade