JEC demite Adilson Batista e contrata PC Gusmão

Publicidade

O Joinville demitiu o técnico Adilson Batista, após a derrota de 2 a 0 para o Santos, e contratou PC Gusmão. O anúncio foi feito nesta segunda-feira, pelo presidente do clube, Nereu Martinelli. Conforme a assessoria do JEC, após uma reunião entre a diretoria, se chegou a conclusão da necessidade de algumas mudanças. A primeira foi o rompimento do contrato com o técnico Adílson Batista. Junto com ele foram dispensados o auxiliar técnico Fábio Maraston e o analista de desempenho Cyro Garcia.

Na coletiva desta tarde, Martinelli também anunciou a saída do superintendente de futebol, Cesar Sampaio e do gerente de futebol, Léo Franco.

Continua após a publicidade

Contratados:

PC GUSMÃOAs mudanças não são apenas nas saídas destes profissionais. Nereu anunciou o novo técnico. PC Gusmão, com passagens por grandes equipes do Brasil, é o novo técnico do Tricolor. PC Gusmão chega em Joinville no final da tarde desta segunda-feira. Ele trará apenas um auxiliar técnico em seu staff. Paulo César Gusmão já foi bi-campeão Mineiro pelo Cruzeiro; bi-campeão Goiano pelo Itumbiara e Atlético Goianense e Campeão Cearense pelo Ceará. Seu último clube foi a Penapolense neste ano. PC Gusmão tem 53 anos e é natural do Rio de Janeiro.

MaringáA segunda contratação é o novo superintendente de futebol. João Carlos Maringá. O profissional, além de ídolo em Joinville, fez um excelente trabalho na Chapecoense, se especializou e agora aceitou o convite do Tricolor. João Carlos Maringá é natural de Pato Branco (PR), jogou em equipes do Paraná e se destacou no Joinville. Como atleta teve três passagens pelo Tricolor e agora assume cargo de gerente.

EDIGAR JUNIOA terceira contratação é a volta do atacante Edigar Junio. Campeão Brasileiro da Série ‘B’ pelo Joinville, teve que retornar ao Atlético (PR) no inicio de 2015, a pedido da equipe paranaense. A diretoria tentou por várias vezes a contratação de Edigar Junio, no inicio do Brasileiro, e sempre teve a negativa da diretoria do Atlético. Desta vez a investida deu certo e Edigar volta ao Tricolor, se apresentando na quinta-feira, (30), onde será apresentado ao grupo de jogadores e a comissão técnica do Joinville.

“A diretoria do Joinville Esporte Clube agradece os serviços prestados pelos profissionais que estão se desligando do clube e deseja sucesso em seus próximos projetos”, comentou o presidente do JEC.

Publicidade