Juliano Adriano de Barros renuncia à presidência da Licob

Publicidade

O presidente da da Liga de Futebol da Comarca de Biguaçu (Licob), Juliano Adriano de Barros, de 23 anos, publicou, agora há pouco, em seu perfil social, uma carta de renúncia ao cargo. Ele já estava decidido a deixar o comando da liga desde o final de 2016, mesmo antes do encerramento do Campeonato Municipal. Juliano afirma que a decisão é de cunho pessoal.

Barros estava à frente da Licob desde o começo de 2016, quando foi eleito em chapa única para dirigir a entidade. O vice-presidente é Márcio Duarte – que, pelo estatuto, poderá assumir a titularidade do cargo.

Continua após a publicidade
Juliano, no dia da final do Campeonato Municipal da Licob 2016 (Foto: Biguá News)

Veja a integra da carta:

Com a sensação do dever cumprido e apesar de todas as dificuldades administrativas e financeiras dirijo-me a sua senhoria para comunicar-lhe oficialmente a minha decisão de renunciar ao cargo de Presidente da Liga de Futebol da Comarca de Biguaçu.

Agradeço aos patrocinadores pela grande parceria e aos diretores Clodoaldo Trajano, Rodrigo Trajano, Eduardo Pauli, André S. Ribeiro e Pedro Costa que não mediram esforços para contribuírem com o desporto amador da Comarca de Biguaçu.

Ainda fica registrado meus agradecimentos aos advogados da Junta Disciplinar, através do presidente Felipe Marcondes, os auditores Pedro Joaquim Cardoso Júnior e Felipe Gorges, a Procuradora Adelaide e o defensor dativo, Pedro Paulo dos Santos.

Na oportunidade, informo que as razões que me levaram a esta decisão são de cunho pessoal. Assim sendo, ratifico minha renúncia ao cargo de Presidente da Liga de Futebol da Comarca de Biguaçu e renovo meus votos de elevada estima e consideração.
Sem mais para o momento, subscrevo-me.

Atenciosamente,

Juliano Adriano de Barros.

Publicidade