Júri condena réu que matou operário no bairro Estreito em Florianópolis

Publicidade

O Tribunal do Júri de Florianópolis condenou Leandro Valmir de Jesus a 12 anos de reclusão a ser cumprido em regime fechado. O réu foi o responsável pela morte do operário Rodrigo Valmor da Silveira, em setembro de 2013, após se desentenderem no dia anterior ao crime.

O homicídio ocorreu no bairro Estreito, localizado na região continental de Florianópolis. Na ocasião, Leandro contou com o auxílio de um conhecido para se deslocar até a obra na qual Rodrigo trabalhava e atirou contra vítima três vezes no início da tarde, período em que o ofendido estava descansando do serviço.

Continua após a publicidade

O Júri, realizado na quinta-feira (18), reconheceu a materialidade do crime por motivo torpe mediante dissimulação ou outro recurso que tornou impossível a defesa do ofendido. A condenação se enquadra no art. 121, parágrafo 2º, incisos I e IV, do Código Penal.

A presidência do Júri foi de responsabilidade do Juiz de Direito Paulo Marcos de Farias. Atuaram pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) os Promotores de Justiça Wilson Paulo de Mendonça Neto e Chrystopher Augusto Danielski. A defesa do acusado foi feita pelos advogados Leonardo Pereima de Oliveira Pinto, Leoberto Bazzio Caon e Gabriel Henrique da Silva.

A informação é do MPSC. Anda cabe recurso.

Publicidade