Merenda escolar de Biguaçu conta com produtos da agricultura familiar

Publicidade

Desde o início de junho, a Prefeitura Municipal de Biguaçu cumpre a Lei Federal nº 11.947/2009, a qual prevê que o total dos recursos financeiros repassados pelo FNDE, no âmbito do PNAE, 30% (trinta por cento) deverão ser utilizados na aquisição de gêneros alimentícios diretamente da agricultura familiar.

O cumprimento desta legislação federal acontece por meio do Setor de Alimentação Escolar da Secretaria Municipal de Educação em parceria com a EPAGRI de Biguaçu e Secretaria Municipal de Agricultura.

Continua após a publicidade

São entregues 17 itens provenientes de Agricultores Familiares da região de Biguaçu. Os itens entregues são, em sua maioria, hortifrútis, sendo que alguns já faziam parte da Alimentação Escolar, como por exemplo: abóbora, aipim, alface, banana, beterraba, brócolis, cenoura, farinha de mandioca, repolho e salsinha; entretanto outros são novidade para os educandos da rede municipal da Biguaçu, como por exemplo: acelga, batata doce, cebolinha, espinafre, goiaba, polpa de açaí e rúcula.

A Alimentação Escolar tem por objetivo promover bons hábitos alimentares e entende que o ambiente de ensino favorece as condições para o desenvolvimento de ações que reforçam a capacidade de transformar o ambiente escolar em local propício à convivência saudável. Dessa forma, a escola se apresenta como um espaço privilegiado para a promoção da saúde, proporcionando a formação de hábitos alimentares saudáveis.

Por conta disso, a introdução de produtos diferenciados, como o açaí, por exemplo, torna-se uma ação não apenas nutritiva, pelo fornecimento de energia concentrada de forma saudável, mas também de engrandecimento do paladar.

O Setor de Alimentação Escolar acompanhou a oferta de suco de açaí com banana aos alunos da E.B.M. Professora Ruth Faria dos Reis. Os escolares demonstraram curiosidade e aceitação do sabor da fruta, adocicado pelo sabor da banana madura.

A secretária de educação, Márcia Rodrigues de Azevedo, ressalta que a compra de produtos de Agricultores Familiares locais é extremamente importante para o Município, pois para quem produz alimentos, a iniciativa contribui para que a agricultura familiar se organize cada vez mais e qualifique suas ações comerciais. Além disso, para quem adquire esses produtos, o resultado desse avanço é mais qualidade na alimentação a ser servida, manutenção e apropriação de hábitos alimentares saudáveis e mais desenvolvimento local de forma sustentável.

O prefeito de Biguaçu, Ramon Wollinger, afirma que “este serviço sendo oferecido para os alunos biguaçuenses é o resultado de mais um avanço na qualidade da alimentação a ser servida, manutenção e apropriação de hábitos alimentares saudáveis e mais desenvolvimento local de forma sustentável no ambiente escolar”.

Produtos da merenda escolar da rede municipal de ensino de Biguaçu - Foto Pedro Costa SECOM

Publicidade