Modernização da iluminação pública com tecnologia LED avança em Palhoça

Publicidade

Carolina Mar/Estrutura de Comunicação – A modernização do parque de iluminação pública avança em Palhoça. Em mais de 16 mil pontos, as antigas luminárias equipadas com lâmpadas de descarga foram substituídas pelas de tecnologia LED, que iluminam mais e gastam menos energia elétrica. O número representa 60% do total. O trabalho é executado pelo consórcio QLUZ.
O uso de LED na iluminação pública permite aos municípios aliar tecnologia, economia, sustentabilidade e mais segurança em um único projeto. Somente por usar LED no lugar das lâmpadas de descarga, a prefeitura pode garantir economia de até 62% com os gastos de energia elétrica do sistema de iluminação pública, além de manter ruas e praças mais bem iluminadas e seguras, além de ainda contribuir com o meio ambiente.  

Bairros da região Sul de Palhoça (Foto: Divulgação/Assessoria)

De acordo com o gerente do QLuz, Luan Vieira, isso acontece porque o LED oferece maior aproveitamento de energia elétrica, com um menor consumo. Isso sem falar na duração das luminárias, que é muito superior às lâmpadas de descarga. “A tecnologia também traz benefícios ambientais, por ser livre de metais pesados e ser feita por materiais recicláveis”, destaca.

Continua após a publicidade

O projeto de modernização em Palhoça também prevê a implantação de sistema de telegestão em 100% das luminárias LED, permitindo o monitoramento e controle remoto do parque de iluminação pública. Além da implantação de um Centro de Controle Operacional (CCO) para gerenciar todas as demandas do sistema de iluminação pública, por meio de um software configurado especificamente para Palhoça.

Além do trabalho de implantação da nova tecnologia, a QLuz também atua na manutenção. O próprio morador pode ligar e solicitar manutenção quando apresentarem defeitos, denunciar roubos de fiação ou problemas de falta de energia.

* QLUZ (0800-606-1535) = no caso de lâmpadas apagadas à noite ou acesas de dia em via pública de Palhoça, os palhocenses devem avisar as equipes da QLUZ via ligação gratuita. O prazo para atendimento desses chamados é de até 48 horas, salvo casos em que ocorra falta de energia, furtos, vandalismo, chuvas ou ventos fortes;

* Polícia Militar (190) = caso sejam avistadas pessoas suspeitas atuando na rede elétrica do município, é preciso avisar a PM;

* Celesc (0800-48-0196) = se o caso for de falta de energia elétrica, a comunicação deve ser feita diretamente para a Celesc.

Publicidade