Moradores da comunidade da Praia João Rosa recebem o Projeto Lucas

Publicidade

Assessoria

No último sábado (20) a comunidade da Praia João Rosa, em Biguaçu, recebeu o “Projeto Lucas”, desenvolvido pela Igreja do Evangelho Quadrangular, com diversos serviços oferecidos gratuitamente para a população. O evento foi realizado das 8h30 às 17h e teve a participação de profissionais da Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com o Instituto Saúde e Educação Vida (Isev), realizando orientações e atendimentos em saúde.

Continua após a publicidade

O “Projeto Lucas” percorre todo o Brasil a fim de atender as comunidades e alcançar pessoas carentes, oferecendo tratamentos clínicos e odontológicos, orientação na prevenção de doenças e cuidados com a saúde, além de palestras através da ação social.

A Secretaria Municipal de Saúde disponibilizou uma equipe com nutricionista, farmacêutico, assistente social, psicóloga, educadora física, equipe de enfermagem aferindo pressão e realizando controle de glicemia, além de dentistas e seus auxiliares orientando sobre higiene bucal e atendendo ao público.

Orientações sobre saúde bucal para crianças - Foto Pedro Costa SECOMEm Biguaçu foram oferecidos tratamentos de beleza, assessoria jurídica e serviços de saúde, além de atividades recreativas para as crianças. “Ficamos satisfeitos com a grande participação popular”, declarou o superintendente Municipal de Saúde, Nacet Tomaz de Souza.

Para o prefeito de Biguaçu, Ramon Wollinger, “sempre vamos apoiar e incentivar ações voltadas à qualidade de vida das pessoas. O Projeto Lucas merece nossos cumprimentos e nossa participação, através dos nossos profissionais de saúde da prefeitura, sempre dispostos a colaborar com boas iniciativas”.

A coordenadora do projeto em Santa Catarina, Aloiri Stadler, explica que “o nosso projeto é evangelístico, e usamos esta ação social como meio de evangelizar e servir ao nosso semelhante. Contamos com 16 unidades móveis em todo país e oferecemos estes serviços gratuitamente para a comunidade, pessoas mais vulneráveis economicamente e socialmente”.

Prefeito com equipe do Projeto Lucas, Profissionais da Saúe e populares - Foto Pedro Costa SECOM

Publicidade