Município de Florianópolis acolhe 34 imigrantes no final de semana

Publicidade
Foto: Vandrei Bion

A Prefeitura de Florianópolis montou um novo espaço para receber os haitianos que estão vindo do Acre, em uma segunda etapa de deslocamento de imigrantes para o Sul do Brasil. A Central de Triagem foi instalada, desta vez, no Ginásio Carlos Alberto Campos, no Estreito.

A estrutura conta com todo o apoio de logística da Secretaria Municipal de Assistência Social, que preparou o espaço com camas, roupas e alimentação para receber os imigrantes.

Continua após a publicidade

Na noite de sábado, sete haitianos, todos homens, desembarcaram em Florianópolis e foram recepcionados por uma equipe especial, preparada para acolher os recém-chegados. Eles passaram a noite no ginásio e tiveram acesso a alimentação, higiene e camas reforçadas para o frio. Um deles deixou o abrigo neste domingo e seguiu viagem para Porto Alegre.

Um novo ônibus desembarcou por volta das 17h30 deste domingo no ginásio. Vinte e sete haitianos deram entrada no espaço, sendo 10 mulheres. Após o cadastramento, apenas 14 das 33 pessoas ficaram para passar a noite de domingo para segunda-feira. Os demais seguiram para Itajaí, Balneário Camboriú, São José, Navegantes, Joaçaba, Caçador e Porto Alegre. Dois ficaram em Florianópolis.

A expectativa é de que grande parte dos imigrantes que chegarem nos próximos dias já partam para os destinos pré-definidos no Estado e no Rio Grande do Sul, informa a assessoria de comunicação da Prefeitura de Florianópolis.

 

Publicidade