Paraquedista de Florianópolis morre durante salto no interior de São Paulo

Publicidade

Paraquedista foi visto caindo perto de campo de futebol  (Foto: Reprodução)

O paraquedista Diogo Tavares, de 35 anos, morreu durante um salto no final da tarde desta terça-feira (18), em Boituva (SP). Residente em Florianópolis, ele era um atleta com 39 saltos. 

Conforme informações do presidente da Associação de Paraquedismo de Boituva, Nilson Leitão, Diogo fazia uma aula com um instrutor, quando ocorreu o incidente. 

Continua após a publicidade

“Ele estava com um instrutor, quando deu problema no paraquedas principal. Quando há problema, é necessário desativar o principal, ficar em queda livre e ativar o reserva. Porém, ele ativou o reserva sem desativar o principal, o que fez com que os dois se enroscassem. Então, ele caiu em uma rua em frente a um campo de futebol”, afirmou. 

De acordo com a Guarda Civil, Diogo Tavares sofreu uma parada cardiorrespiratória e foi levado para o hospital da cidade. Porém, não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade. 

As causas do acidente serão investigadas pela Polícia Civil.

Este foi o segundo acidente envolvendo paraquedista em pouco mais de 24 horas na cidade. Nesta segunda-feira (17), Eudismar Almeida Araújo, de 56 anos, morreu após se chocar no ar com outro paraquedista.

Publicidade