Prefeito de Florianópolis ‘fecha’ o cofre para economizar R$ 120 milhões

Publicidade
Foto: Petra Mafalda/PMF
Diante de um cenário econômico cada vez mais preocupante, com queda global de arrecadação, contingenciamento dos investimentos e secamento das fontes de repasses, a Prefeitura de Florianópolis procura um meio de economizar e fortalecer a máquina pública. A informação é da assessoria.
Para isso, com a meta de alcançar a economia de R$ 120 milhões ao ano, criou o programa “Florianópolis enfrentando a crise”, que será apresentando à imprensa e aos integrantes da cadeia produtiva florianopolitana nesta segunda-feira (27), às 10 horas. O palco será o auditório da Federação das Industrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), no Itacorubi.

Algumas medidas já estão em andamento ou foram implementadas, como a reforma administrativa, o controle da frota, a revisão dos contratos, o corte de horas-extras e a recente publicação da portaria 004/2015, que trata das medidas restritivas para controle de gastos e indução ao consumo controlado. O programa não prevê somente cortes, porém: inclui ações para buscar novas receitas e nossos investimentos na cidade, entre eles o programa de parcelamento da dívida ativa de 24 para 96 meses, a implantação de um novo sistema de tecnologia para aumento da eficiência tributária e o combate à sonegação fiscal, que já gerou mais de mil notificações.

A Diretoria Administrativa Financeira da Prefeitura será a responsável por executar tais medidas e monitorar sua implementação. Os primeiros resultados destas ações devem ser divulgados no próximo mês. Já a meta de R$ 120 milhões por ano deve ser alcançada em agosto de 2016, 12 meses após o lançamento do programa.

Continua após a publicidade

 Mais detalhes sobre as ações, tanto de redução de gastos como da busca de novas receitas, serão apresentados na segunda-feira, em entrevista coletiva. Na entrevista, o prefeito deve apresentar também detalhes do projeto de construção, em parceria com a iniciativa privada, de uma marina na avenida Beira-mar Norte.

Publicidade