Preso catarinense que sequestrava familiares de gerentes de bancos

Publicidade

A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Roubos e Antissequestro (DRAS) da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC), em ação conjunta com a Polícia Civil do Amazonas, prendeu,  em Jaraguá do Sul (186 km de Florianópolis – na região Norte de Santa Catarina), um homem de 53 anos, natural de Videira. Ele foi identificado como autor de crimes conhecidos como “sapatinhos”, em que gerentes e familiares de agências bancárias são sequestrados, nos estados do Amazonas e Bahia.

Conforme informações da polícia, em 2011, o acusado já tinha sido preso pela equipe da DEIC, antes de cometer um roubo a uma agência bancária em Iomerê (no Oeste de SC). Ele também já esteve preso em Campinas (SP) e Araguaína (TO), por crimes de roubo a banco, e em Fortaleza (CE), por porte ilegal de arma de fogo.

Continua após a publicidade

“Ao total, esteve preso por 23 anos e atualmente estava foragido do Tocantins, além de responder a outros processos pelo país”, informa a Polícia Civil.  Após o cumprimento dos mandados de prisão, o conduzido será levado para o estado do Amazonas, onde responderá ao último crime cometido.

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

 

Publicidade