PT de Florianópolis convoca militância para manifestação nesta sexta-feira

Publicidade

O presidente do diretório municipal do Partido dos Trabalhadores (PT) de Florianópolis, Carlos Eduardo de Souza (Cadu), publicou vídeo, nesta sexta-feira de manhã,  convocando toda a militância para participar da “Plenária da Frente Brasil Popular”, hoje, as 19h, na Fecesc. Ele criticou a condução coercitiva do ex-presidente Lula para depor na Polícia Federal.

“O momento é de mobilização, vigília e resistência. A condução coercitiva de Lula nesta sexta-feira é um dos maiores golpes que o nosso país enfrenta desde a redemocratização. O ex-presidente jamais se negou a dar esclarecimento a quem quer que fosse, e não há evidência que justifique um espetáculo vergonhoso e midiático como o que foi orquestrado – com antecedência – pela grande mídia. Lutamos pela democracia e em solidariedade ao maior líder que este país já teve”, diz.

Continua após a publicidade

O ex-presidente foi levado de seu apartamento, em São Bernardo do Campo (SP), pela Polícia Federal (PF), nesta sexta-feira manhã, para depor na 24ª fase da Operação Lava Jato, chamada de Aletheia – deflagrada hoje. Ele saiu do condomínio com os policiais em um carro descaracterizado, antes das 7h.

Os mandados judiciais de busca e apreensão e de condução coercitiva (quando a pessoa é levada para a delegacia a fim de prestar depoimento e depois é liberada) foram expedidos pelo juiz federal Sérgio Moro, de Curitiba. O objetivo, segundo o Ministério Público federal (MPF), é dar continuidade às investigações de crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, entre outros, praticados por diversas pessoas no contexto do esquema criminoso revelado e relacionado à Petrobras.

 

Publicidade