São Paulo teme ser prejudicado por nova negociação da Caixa com Corinthians

Publicidade

Blog do Perrone

Corinthians e Caixa Econômica estão em plena negociação para assinar um novo contrato de patrocínio entre as partes. O antigo se encerrou na semana passada. À medida em que a conversa avança, provoca reflexos no Morumbi.

Continua após a publicidade

Dirigentes do São Paulo afirmam estarem negociando com o mesmo banco. Porém, acreditam que, se continuar no Corinthians, a Caixa não investirá na equipe tricolor.

Nesse cenário, cartolas são-paulinos declaram nos bastidores terem a informação de que Andrés Sanchez é o principal articulador das conversas com o banco desde que soube do interesse da Caixa no São Paulo.

Dirigentes corintianos asseguram que a iniciativa de retomar as conversas foi da Caixa, na quinta-feira da semana passada, um dia depois do encerramento do contrato, conforme mostrou o blog.

Apesar de dizerem já haver previsão de estrear outro anunciante na camisa entre março e abril, os alvinegros declaram que aceitaram retomar as conversas após pedidos da Caixa. Depois de um novo contato na última quinta, uma reunião foi marcada entre a diretoria do banco e o presidente corintiano, Roberto de Andrade, para a terça-feira passada.

As conversas tinham sido encerradas porque o clube queria receber R$ 7 milhões a mais do que os R$ 30 milhões por um ano estabelecidos no contrato encerrado. Novos valores estão sendo discutidos e mantidos em sigilo.

A direção corintiana nega que o interesse da Caixa no São Paulo tenha feito o clube a reavaliar sua posição. Mas conselheiros da oposição com trânsito na diretoria dizem que o risco de um acerto entre o banco e seu rival também motivou o Corinthians a retomar as tratativas.

Já os são-paulinos reclamam de que Andrés estaria tendo comportamento semelhante ao que teve quando brigou para tirar o Morumbi da Copa de 2014 e alavancar o projeto do estádio de seu time, que acabou sendo palco da abertura do Mundial. Como não fala com o blog, o ex-presidente do Corinthians não pôde ser ouvido.

Publicidade