Ramon diz que Prefeitura de Biguaçu investe quase 30% na educação

Publicidade
Ramon Wollinger  interna  (Foto-Biguá News)
Ramon Wollinger (Arquivo Biguá News)

O prefeito de Biguaçu, Ramon Wollinger (PSD), afirmou, nesta quinta-feira, que a atual administração têm na educação  uma prioridade fundamental.

Conforme o gestor, este ano, a Prefeitura de Biguaçu conseguiu investir 29,93% de sua arrecadação, com melhorias na infraestrutura educacional, apoio e capacitação dos professores. A Constituição Federal exige o mínimo de 25%.

Continua após a publicidade

“Investir na educação é a melhor forma de desenvolvermos nosso município e vamos seguir esta diretriz em 2016. Sou muito grato aos professores e funcionários da Secretaria de Educação por sua dedicação e empenho”, disse, por meio de sua assessoria.

A  secretária de Educação, Márcia Rodrigues de Azevedo, lembrou que a equipe de profissionais da rede municipal de ensino de Biguaçu superou as dificuldades e atingiu as metas propostas. “Oferecemos uma alimentação escolar de qualidade, transporte escolar eficiente e professores competentes e habilitados. Obrigada a todos pelo empenho, compreensão e amor que dedicaram aos educandos da nossa cidade”, relatou a secretária.

O município possui 20 unidades de ensino e conta com três polos de Educação de Jovens e Adultos (EJA). A rede municipal atende aproximadamente 4,3 mil educandos. A Prefeitura ainda possui convênio firmado com mais três instituições: Anjinho da Guarda, Planeta Azul e a APAE, que juntas atendem aproximadamente 460 educandos.

Investimentos com recursos próprios:

– Construção e mobiliário do CEIM Dona Dorvalina R$ 1.000.000,00

– Formação com os profissionais do magistério pela UNISUL R$ 145.840,00

– Muro de contenção no CEIM Cecília Alaíde de Carvalho Rosa R$ 79.610,00

– Reforma no GEM Célia Lisboa dos Santos R$ 50.000,00

– Pagamento do PEC Prêmio Assiduidade (Decreto 128/2010) R$ 44.100,00

Da mesma forma, foram implantadas diversas melhorias para os funcionários no ano de 2015:

– Transposição das auxiliares de sala do quadro civil para o quadro do magistério

– Implantação da hora atividade dos profissionais do magistério

– Diminuição da carga horária das merendeiras e serventes de 8 para 6 horas semanais

– Pagamento da insalubridade para as merendeiras e serventes

– Remuneração superior ao piso nacional do magistério aos professores

– Criação da Lei Complementar nº 78 de 17 de junho de 2015, aumento na remuneração dos diretores das unidades de ensino.

Destaques nas unidades de ensino

Diversos foram os destaques e títulos obtidos pelas unidades de ensino da rede municipal em 2015. Entre eles, o projeto de xadrez implantado nas escolas foi um sucesso em participação e medalhas conquistadas entre os municípios vizinhos:

– Premiações na Olimpíada de Astronomia e Astronáutica

– Reportagem de prática de aula inovadora publicada na revista Nova Escola

– Participação de nossos professores em evento de nível internacional sobre desafios na educação

– Participação expressiva das unidades de ensino na campanha Lacre Amigo

– Parceria no programa Droga Zero

Com informações da assessoria.

Publicidade